Acessar o conteúdo principal

Cinema ao ar livre, comédia musical e Brigitte Bardot agitam agenda cultural europeia

Áudio 05:58
Cartaz da 14ª edição do Festival de Cinema au Clair de Lune 2014.
Cartaz da 14ª edição do Festival de Cinema au Clair de Lune 2014.
Por: Silvano Mendes

A agenda cultural desta semana no velho continente é marcada por vários programas ligados à 7ª arte. Em destaque festivais de cinema ao ar livre em Paris, exposição sobre a diva Brigitte Bardot no sul da França e a adaptação para os palcos londrinos de um sucesso de Hollywood.

Publicidade

Paris é uma das capitais do cinema mundial e durante o verão no hemisfério norte isso fica mais do que evidente. A cidade é palco de vários eventos que levam a 7ª arte para as ruas, parques e pontos turísticos da capital, atraindo cinéfilos do mundo todo. Um desses programas é o Festival Cinéma au Clair de Lune (Cinema à luz do luar), que começou esta semana.

O evento, que está em sua 14ª edição e vai até o dia 10 de agosto, apresenta a cada ano uma série de filmes rodados em Paris ou que têm alguma ligação com a Cidade Luz. A particularidade do programa é que cada produção é projetada, com entrada franca, em locais da capital francesa onde as histórias foram filmadas ou que, de alguma maneira, remetem à trama.

Esse ano a seleção conta com filmes como As Múmias do Faraó (Les aventures extraordinaires d'Adèle Blanc-Sec), do francês Luc Besson, apresentado no Parc Montsouris, Rififi (Du Rififi chez les hommes), um clássico de 1955 do norte-americano Jules Dassin, que poderá ser visto nas ruas do bairro histórico de Montmartre, ou ainda Amores Parisienses (On connaît la chanson), do francês Alain Renais, na Esplanada dos Invalides.

A agenda cultural desta semana também é marcada pela adaptação de um filme para os palcos do teatro. O sucesso Shakespeare Apaixonado (Shakespeare in love), de 1998, estreou sob forma de comédia musical no Noël Coward Theatre, em Londres. Ganhador de sete Oscars, entre eles de melhor filme e o de melhor atriz, para Gwyneth Paltrow, a trama, que conta as aventuras do criador de Romeu e Julieta em plena pane de inspiração, ganha ares de Broadway com uma adaptação bem-humorada, com 28 atores e até um cachorro no palco. A peça fica em cartaz até 25 de outubro.

A programação da semana também conta com a inauguração de uma exposição em homenagem a Brigitte Bardot. Apesar de ter tido a imagem arranhada nos últimos anos por causa de seus comentários de cunho racista, a francesa ainda fascina. A estrela de Deus criou a mulher (Et Dieu... créa la femme), que completa 80 anos de idade em setembro, está no centro de uma mostra fotográfica realizada por Gérard Schachmes, seu último fotógrafo oficial.

Amigo de longa data da atriz, ele teve acesso à cenas do dia-a-dia da estrela em sua casa, longe dos clichês que inspiram diretores de cinema e o grandes nomes do mundo da moda até hoje. A mostra fica em cartaz até o dia 2 de setembro no espaço Jean Despas, na cidade francesa de Saint-Tropez. A entrada é franca.

Imagem do cartaz da exposição "Brigitte for ever", em cartaz até o dia 2 de setembro em Saint-Tropez.
Imagem do cartaz da exposição "Brigitte for ever", em cartaz até o dia 2 de setembro em Saint-Tropez.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.