Acessar o conteúdo principal
Cinema/Toulouse

Filme sobre Rodrigo de Souza Leão ganha prêmio de melhor documentário na França

Cena de "Tudo vai ficar da cor que você quiser".
Cena de "Tudo vai ficar da cor que você quiser". Divulgação
Texto por: Patricia Moribe
2 min

“Tudo vai ficar da cor que você quiser”, de Letícia Simões , foi o principal vencedor da categoria de documentários do Cinélatino, o festival de cinema de Toulouse, no sudoeste da França. O prêmio foi anunciado nesta sexta-feira (27).

Publicidade

O filme gira em torno da obra do escritor, jornalista, artista plástico e músico Rodrigo de Souza Leão (1965-2009). O título é um trecho de uma passagem do livro “Todos os cachorros são azuis”, disse Letícia Simões em entrevista exclusiva à RFI. “Mas explica também o conceito do filme, uma proposta estética para mostrar o mundo desse artista através da cor”.

Com autorização da família, a cineasta, que também é poeta, roteirista e videoartista, teve acesso irrestrito e livre ao computador pessoal do artista. "Uma fonte inesgotável de material, mas o que me pegou pelo calcanhar foram as músicas e a poesia”, diz a documentarista.

Cores, palavras e sons

Diante do acervo colossal e eclético, ela trabalhou diferentes formas de como essa poesia – ainda não publicada – pudesse ser inserida num filme que tivesse a ver com a estética e a personalidade do artista. “O resultado foi uma colagem de inspirações da equipe, minhas e influências do próprio Rodrigo”, acrescenta.

Rodrigo Antonio de Souza Leão escreveu livros como: "Todos os cachorros são azuis" , "Me rouparam uns dias contados, "O Esquizoide - Coração na Boca, "Há Flores na Pele", "Carbono Pautado", entre outros. Ele também foi vocalista da banda Pátria Armada e fundador e coeditor da Zunái   Revista de Poesia & Debates. A esquizofrenia diagnosticada aos 23 anos é tema recorrente e motor de sua obra.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.