Gérard Depardieu no papel de Joseph Stalin

Depardieu: primeiro trabalho de 2016 será na Rússia.
Depardieu: primeiro trabalho de 2016 será na Rússia. REUTERS/Regis Duvignau

O monumento do cinema francês e atual cidadão russo Gérard Depardieu vai encarnar o ditador soviético Joseph Stalin num filme de Fanny Ardant, revelou nesta terça-feira (29) a revista hollywoodiana Variety.

Publicidade

Segundo o site da Variety, o afresco histórico será produzido pela empresa franco-portuguesa Leopardo Filmes, enquanto que o estúdio moscovita Mosfilm proverá os figurinos e os acessórios da época.

A trama se passará na União Soviética dos anos 1950, sendo centrada num jovem artista encarregado de criar um monumento em homenagem a Stalin, e que deverá enfrentar as suspeitas da KGB.

Camarada Depardieu

Tendo se tornado cidadão russo há mais de dois anos por intervenção do presidente Vladimir Putin, o ator de 67 anos criou polêmica em 2012 ao dizer que renunciava ao seu passaporte francês em protesto contra o nível de tributação dos mais ricos na França, uma medida implantada pelo governo socialista de François Hollande.

Depardieu, que costuma fazer manchetes na imprensa francesa com suas tiradas provocativas e posições pró-rússia, teve um bem-sucedido ano de 2015, estrelando vários filmes (entre eles, Bain de Minuit e Tour de France, ambos em fase de finalização).

Para 2016, contudo, sua agenda ainda estava vazia. Agora, o camarada Depardieu poderá demonstrar toda a sua paixão pela Rússia.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.