França/Arte

Virada cultural de Paris inaugura novo espaço de arte urbana

Cartaz da virada cultural de 2016 em Paris.
Cartaz da virada cultural de 2016 em Paris. DR

Acontece neste sábado (1) a 15ª edição do evento Nuit Blanche, como é chamada a virada cultural de Paris. Instalações artísticas e performances poderão ser vistas a partir das 19h, em horário local, num percurso cultural ao longo do rio Sena.

Publicidade

O tema da virada cultural este ano é "o amor pelo rio Sena", que atravessa a capital francesa e divide a cidade entre rive gauche e rive droite. Dezenas de galerias e museus ficam às margens do rio. A programação completa pode ser consultada no site http://quefaire.paris.fr/nuitblanche.

O artista brasileiro Rodrigo Braga é um dos principais destaques da programação, com a instalação monumental Mar Interior, na esplanada do Palais de Tokyo. A obra composta com pedras de até 6 toneladas deve surpreender o público, pouco habituado à visão de rochas gigantescas no centro da cidade.

Outro ponto alto será a inauguração de um espaço permanente dedicado à arte urbana ou street art. O espaço Art 42 fica na zona norte da capital, no mesmo local onde funciona a escola de informática do empresário de telecomunicações Xavier Niel, dono da operadora Free, uma das mais populares na França. Nos 4 mil metros quadrados de salas de aula, admiradores de grafites e extênceis poderão admirar as obras de grandes artistas, como Shepard Fairey, Banksy, Futura 2000 e Jef Aérosol.

A exposição inaugural vai exibir 150 peças do jovem colecionador Nicolas Laugero-Lasserre. As visitas ao espaço Art 42 serão gratuitas, "porque a gratuidade está no DNA desse movimento", afirma Lasserre, iniciador do projeto. O único inconveniente é que, por estar dentro de uma escola, as obras só poderão ser vistas em visitas guiadas, duas vezes por semana.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.