Acessar o conteúdo principal
Curta brasileiro

Curta brasileiro compete em festival erótico de Paris

Cena de "Lighttrapping", curta de Márcio Miranda Perez.
Cena de "Lighttrapping", curta de Márcio Miranda Perez. Divulgação
2 min

“Lightrapping” (2016), curta-metragem de 22 minutos do cineasta brasileiro Márcio Miranda Perez, está em competição no inusitado Festival de Filmes de Bunda (Festival du Film de Fesses, o FFF), que começa nesta quarta-feira (29), em Paris.

Publicidade

O curta, já exibido em vários festivais no Brasil e no exterior, conta a história de Gustavo, artista que fotografa corpos de homens nus em espaços públicos noturnos de São Paulo. E numa dessas andanças, ele encontra um curioso rapaz chamado Pedro, que hesita em participar do projeto.

Em sua quarta edição, o festival traz, além de uma competição de curtas, uma retrospectiva e um panorama contemporâneo. O tom do evento, lembra a organização, “é de leveza, vivacidade e liberdade”.

A seleção levou em conta dois critérios: a presença de cenas eróticas explícitas ou implícitas, além de fazer uma leitura original e interessante do tema “erótico”.

Viva la Vulva

Na noite de sábado (1), o destaque vai ser para filmes de cineastas mulheres. O toque feminino também toma conta da retrospectiva, batizada sugestivamente de “Viva la Vulva”, com dez filmes a partir dos anos 1960. Entre as diretoras francesas estão nomes conhecidos como Virgine Despentes, Catherine Breillat e Claire Denis.

O Festival de Filmes de Bunda acontece até domingo (2) em dois cinemas de arte do Quartier Latin: Reflet Médicis e La Filmothèque.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.