RFI Convida

Duo de pianistas brasileiros na França lança disco com compositores de Brasil e Argentina

Áudio 07:33
Diego Munhoz e Renata Bittencourt formam o Duo Aurore e lançam o primeiro CD "Iguaçu".
Diego Munhoz e Renata Bittencourt formam o Duo Aurore e lançam o primeiro CD "Iguaçu". © Arquivo Pessoal

“Iguaçu” é o nome do primeiro CD do Duo Aurore, formado por Renata Bittencourt et Diego Munhoz, dois brasileiros residentes em Paris. Devido à epidemia do coronavírus, o concerto de lançamento do disco foi suspenso, mas a obra, em homenagem a compositores brasileiros e argentinos, ganhou estreia nas plataformas digitais.

Publicidade

A agenda de concertos para lançar o CD incluía apresentações no Brasil e na Suíça. No entanto, a Covid-19 interrompeu a programação e os dois jovens pianistas tiveram que se adaptar a uma outra realidade, sem previsão de quando vão poder dividir o palco novamente. 

“Foi um período complicado porque estávamos cada um em quarentena na sua casa, sem poder ensaiar, mas ao mesmo tempo queríamos manter o repertório. A gente se falava muito pelo telefone, mas ficamos bastante tempo sem poder ensaiar”, lembra Diego.   

O nome do projeto veio de um ponto geográfico na fronteira entre os dois países, as Cataratas do Iguaçu. “Ficamos pensando em um nome para o projeto, pois tinha músicas brasileiras e argentinas, e aí pensamos nas Cataratas. E escolhemos Iguaçu que é um nome muito bonito para o nome do CD”, conta a curitibana Renata.

A reflexão sobre o repertório para o primeiro CD do Duo Aurore, formado há 10 anos, veio da constatação de que na Europa há muita curiosidade sobre ritmos latino-americanos. “Frequentemente quando tocamos na Europa procuramos colocar um repertório brasileiro e latino-americano no programa, que não é muito conhecido por aqui. E constatamos que as pessoas gostam bastante quando tocamos essas músicas”, conta Diego. 

“Eles apreciam muito por ser uma música com ritmos que eles não estão acostumados, com melodias tão expressivas e bonitas. Sempre temos retornos muito bons do público”, acrescenta Renata.

Com composições de Heitor Villa-Lobos, Camargo Guarnieri, Astor Piazzola, entre outros, o CD Iguaçu (selo Paraty) é resultado também de muita pesquisa musical de arranjos para piano em quatro mãos. 

“Fizemos uma grande pesquisa de arranjo com essas peças que foram escritas para dois pianos. O Eduardo Hubert fez os arranjos para os tangos do Piazzola, e nós também fizemos arranjos próprios, como para o clássico Trenzinho do Caipira, de Villa-Lobos”, conta Renata. 

Durante o processo de pesquisa para a definição do repertório, os dois pianistas  também contataram famílias de compositores para ter acesso a partituras, como foi o caso da Dança Negra, de Guarnieri, repassada pela filha do compositor, Tânia. “O próprio Guarnieri fez o arranjo para dois pianos e não encontrávamos. Pedimos a ela, que gentilmente nos cedeu”, conta Renata, lembrando também que contaram com a ajuda do Instituto Brasileiro do Piano para ter acesso a outras obras. 

Apesar da frustração de não poder apresentar ainda em concerto o disco de estreia, o duo Aurore encontrou alternativas para se adaptar às condições adversas.  

“Não estávamos acostumados a tocar em lives na internet. Foi uma surpresa. Claro, vamos fazer o concerto de lançamento do CD, mas tivemos que nos adaptar”, afirma Diego. 

Projeto sobre Beethoven

Enquanto aguardam a retomada de concertos e atividades artísticas, a dupla diz que é difícil imaginar novos projetos diante das incertezas de poder levá-los adiante ou não.  No entanto, continuam muito ativos para viabilizar um projeto ambicioso, em homenagem aos 250 anos do nascimento de Beethoven, celebrado este ano.

“É um projeto muito bonito, com arranjos do (Carl) Czerni, que foi aluno de Beethoven. Esse é um trabalho legal porque também tivemos que ir atrás de partituras, como a da 5ª sinfonia, que o Diego encontrou em uma biblioteca da Alemanha”, lembra Renata.  

“Foi muito difícil ter a autorização, retirar a partitura e digitalizá-la. Mas estávamos decididos que iríamos tocar o arranjo dessa sintonia. E conseguimos”, finaliza Diego. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.