Acessar o conteúdo principal

Filme sobre Caetano vai ser exibido fora de competição na Mostra de Veneza, em setembro

Captura de tela do documetário Narcise em férias.
Captura de tela do documetário Narcise em férias. © Captura de tela
Texto por: RFI
3 min

A 77ª Mostra de Veneza anunciou nesta terça-feira (28) a seleção do festival de cinema que acontece neste ano de 2 a 12 de setembro. Com programação mais enxuta e medidas sanitárias impostas por causa da pandemia, o evento pretende exibir 60 filmes, incluindo um documentário sobre Caetano Veloso, fora de competição.

Publicidade

Em um comunicado, o diretor da Mostra, Alberto Barbera, fala sobre a decisão de manter o festival, após “uma primavera de medo” e “incertezas”, como “um sinal de confiança”. Ele acrescentou que o evento "vai manter suas datas iniciais, ao preço de algumas renúncias”, mas “com o coração inteiro”.

A competição vai contar com 18 longas inéditos, sendo quatro de diretores italianos (Emma Dante, Claudio Noce, Susanna Nichhiarelli e Gianfranco Orsi). Outro filme italiano, “Lacci”, de Daniele Luchetti, sobre a infidelidade na história de um casal napolitano, vai abrir a Mostra, fora de competição.

Um total de 60 longas serão apresentados em cinco categorias diferentes, além de 15 curtas e uma série de TV. A atriz australiana Cate Blanchett vai presidir o júri, composto pela atriz francesa Ludivine Sagnier, pelos diretores Christian Petzold, da Alemanha, Cristi Puiu, da Romênia, Joanna Hogg, da Grã-Bretanha, e Veronika Franz, da Áustria, além do escritor italiano Nicola Lagioia.  

O Leão de Ouro pelo conjunto da carreira será outorgado para a atriz britânica Tilda Swinton e a diretora Ann Hui, de Hong Kong.

Ao contrário de outros festivais, como o de Cannes, que foi cancelado, Veneza decidiu manter a Mostra em formato reduzido, em consequência da pandemia. Câmeras térmicas serão instaladas em todas as entradas e quem apresentar temperatura acima de 37,5°C não vai poder participar. As salas de projeção terão menos poltronas disponíveis e máscaras serão obrigatórias quando não for possível manter um distanciamento de segurança.

Caetano fala sobre prisão 

“Narciso em Férias”, de Renato Terra e Ricardo Calil, fala sobre a prisão de Caetano Veloso em 1968, durante a ditadura militar. O artista relembra a noite em que ele e Gilberto Gil foram levados de suas casas, em São Paulo, por policiais à paisana. Depois de uma semana em solitárias no Rio de Janeiro, foram transferidos para celas. Cinquenta e dois anos depois, Caetano relata o período mais duro de sua vida e reflete sobre os 54 dias que passou encarcerado.

Confira abaixo a seleção dos filmes que disputam o Leão de Ouro da Mostra de Veneza 2020:

- "In Between Dying", de Hilal Baydarov

- "Le Sorelle Macaluso", de Emma Dante

- "The World to Come", de Mona Fastvold

- "Nuevo Orden", de Michel Franco

- "Amants", de Nicole Garcia

- "Laila in Haifa", de Amos Gitai

- "Und Morgen Die Ganze Welt", de Julia von Heinz

- "Cari Compagni", de Andrei Konchalovsky

- "La Moglie della Spia", de Kiyoshi Kurosawa

- "Khorshid", de Majid Majidi

- "Pieces of a Woman", de Kornél Mundruczó

- "Miss Marx", de Susanna Nicchiarelli

- "Padrenostro", de Claudio Noce

- "Notturno", de Gianfranco Rosi

- "Non Cadrà Più la Neve", de Malgorzata Szumowska e Michal Englert

- "The Disciple", de Chaitanya Tamhane

- "Quo Vadis, Aida?", de Jasmila Zbanic

- "Nomadland", de Chloé Zhao

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.