Morre ator canadense Christopher Plummer, o capitão Von Trapp do filme A noviça rebelde

Christopher Plummer, chegando na cerimônia de entrega dos Oscars em 2018. O ator faleceu nesta sexta-feira, 5 de fevereiro.
Christopher Plummer, chegando na cerimônia de entrega dos Oscars em 2018. O ator faleceu nesta sexta-feira, 5 de fevereiro. Robyn Beck AFP/File
Texto por: RFI
3 min

O ator canadense Christopher Plummer que contracenou com Julie Andrews no filme “A noviça rebelde”, de Robert Wise, morreu nessa sexta-feira (5), aos 91 anos.

Publicidade

“Chris era um homem extraordinário que amava e respeitava profundamente sua profissão”, declarou seu agente Lou Pitt, destacando seu “formidável estilo ‘à moda antiga’” e sua capacidade de rir de si mesmo.

"Ele era um tesouro nacional que valorizava muito suas raízes canadenses”, acrescentou Pitt em uma declaração transmitida à imprensa.

Plummer nasceu em Toronto, mas cresceu em Montreal. Com 75 anos de carreira prolífica, além do cinema, ele atuou em filmes para televisão e séries, em inglês e em francês, e recebeu vários prêmios prestigiosos, entre eles o da British Academy Film e o Golden Globe.

Em 2012, aos 82 anos Plummer foi o artista mais velho a receber um Oscar de melhor ator coadjuvante, por seu papel no filme “Toda forma de amor” (Beginners), de Mike Mills. Em 2018 ele foi novamente nominado à estatueta por “Todo o dinheiro do mundo” (All the Money in the world), de Ridley Scott, após ter substituído no último momento o ator Kevin Spacey, acusado de abuso sexual.

Apesar da filmografia heterogênea e de ter atuado em mais de 100 produções, como “Os 12 macacos” (12 Monkeys), de Terry Gilliam, “Malcom X”, de Spike Lee ou “Jornada nas Estrelas 6: Terra desconhecida”, de Nicholas Meyer, além de ter sido dirigido por grandes nomes e contracenado com atores célebres, o nome de Christopher Plummer é pouco conhecido do grande público.  

Um de seus últimos filmes foi “Entre facas e segredos” (Knives out) de Rian Johnson, de 2019, onde divide a tela com Daniel Craig e Chris Evans. Mas ele será sempre lembrado por seu papel de capitão von Trapp no filme “A noviça rebelde” (The sound of music), de 1965.

Plummer morreu em sua casa, em Connecticut, no nordeste dos Estados Unidos, ao lado de sua esposa Elaine Taylor, com quem era casado há 53 anos.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.