Morre aos 70 anos estrela da disco music Patrick Juvet

O cantor Patrick Juvet, fotografado em março de 1980.
O cantor Patrick Juvet, fotografado em março de 1980. - AFP/Archivos

O cantor suíço Patrick Juvet, que ficou famoso nos anos 1970 por seus hits "Where is my woman" e "I love America" (1978), morreu aos 70 anos, informou nesta quinta-feira (1°) seu agente Yann Ydoux. O corpo da artista foi encontrado em um apartamento em Barcelona, na Espanha. 

Publicidade

As causas da morte ainda não foram determinadas. "Vão fazer uma autópsia. Falei por telefone com ele há três dias e o achei bem", afirmou seu agente. Juvet residia em Paris, mas ocasionalmente viajava para Espanha ou Suíça.

Um de seus maiores sucessos, "Where is my woman", apareceu no álbum “Paris by Night”, de 1977. O disco, que vendeu 100 mil cópias, foi uma colaboração entre Juvet (compositor e intérprete) e Jean-Michel Jarre (letrista). "I love America" (1978), outro hit nas pistas de discotecas em todo o mundo, nasceu do encontro de Juvet com renomados produtores do gênero, Henri Belolo e Jacques Morali, e foi coassinado com Victor Willis, membro do grupo Village People.

A carreira de Juvet "teve altos e baixos, bons momentos, outros menos", resumiu Yann Ydoux, que conheceu o cantor há 22 anos.

 

A década de 1990 foi uma travessia do deserto para o ex-manequim e cantor nascido em Montreux. Em entrevistas, ele revelou que sofreu de alcoolismo e precisou de dez anos para superar a doença. 

As últimas aparições de Juvet no palco datam da turnê "Tender age and wood head" nos anos 2000, uma espécie de "all-star" de estrelas populares na França. Dave, Sheila, Michèle Torr ou ainda Stone e Charden também estavam em cartaz na época.

"Patrick ainda tinha muitos planos, incluindo um novo álbum como compositor", lamentou seu agente.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.