O Mundo Agora

China vem dando sinais de agressividade preocupantes-diz analista

Áudio 04:57
Reuters

“Os dirigentes chineses sabem perfeitamente que quanto mais poder o país demonstrar, com mais desconfiança e medo ele será visto pelos vizinhos e as outras grandes potências mundiais. Por enquanto, o crescimento econômico, base do novo poderio chinês, ainda é extremamente dependente de seus principais fornecedores e clientes: os Estados Unidos, a Europa, o Japão, os países do Sudeste asiático. A China está ficando poderosa graças à globalização e, portanto, não pode se dar o luxo de começar a criar problemas que poderiam fazer descarrilhar a economia global. É por isso que os dirigentes chineses sempre fizeram questão de afirmar que a ascensão do país era totalmente pacífica e que o mundo, e sobretudo os vizinhos, não tinham nada a temer. Ora, de repente, a China vem dando sinais de agressividade preocupantes. Arrogância de quem acha que já chegou lá? Ou pura jogada diplomática para tentar aparecer como mais forte do que se é em realidade para intimidar parceiros e potênciais adversários?”Ouça a crônica de política internacional de Alfredo Valladão: