Acessar o conteúdo principal
Economia/OMC

OMC surpreende e revisa para cima crescimento do comércio mundial em 2010

O diretor-geral da OMC, Pascal Lamy, durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque.
O diretor-geral da OMC, Pascal Lamy, durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque. United Nations Photo/Aliza Eliazarov
Texto por: Leticia Constant
2 min

Os números divulgados nesta segunda-feira pela Organização Mundial do Comércio (OMC) surpreendem quem esperava uma retomada lenta das transações comerciais após a crise financeira mundial.

Publicidade

A previsão de crescimento do comércio mundial para este ano subiu de 10% para 13,5%. Essa é a maior taxa já registrada desde 1950. "Nunca vimos uma expansão tão rápida", diz comunicado divulgado pela OMC.

"A recuperação foi bastante expressiva, levando em conta que no ano passado houve uma queda nas transações comerciais de 12,2%". O diretor-geral da instituição, Pascal Lamy, se mostrou satisfeito com a notícia e assegurou que o crescimento do comércio mundial "contribuirá para superar os efeitos da recessão e criar empregos".

Segundo o novo relatório, as exportações de mercadorias dos países industrializados em 2010 subirão 11,5% em volume. O aumento será aida maior nos países emergentes e em desenv olvimento, que vão registrar aumento de 16,5%.

Em 2009, as exportações de mercadorias haviam caído 12,2%, a pior queda desde a Segunda Guerra Mundial. As previsões dos economistas se baseiam em um crescimento mundial de 3% neste ano. A alta estimada para as nações industrializadas é de 2,1%, e, para os países em desenvolvimento e em transição, de 5,9%.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.