Brasil/Aviação

Embraer firma acordo de financiamento com chinesa Avic

Visitantes descobrem as inovações tecnológicas dentro de uma cabine de piloto na 8ª edição da Exposição Internacional Aeroespacial e de Aviação da China.
Visitantes descobrem as inovações tecnológicas dentro de uma cabine de piloto na 8ª edição da Exposição Internacional Aeroespacial e de Aviação da China. Reuters

A Embraer anunciou nesta quarta-feira que assinou um acordo com a chinesa Avic para financiamento e leasing de aviões. O documento foi assinado durante a 8ª Exposição Internacional Aeroespacial e de Aviação que acontece atualmente em Zhubai, no sudeste da China.

Publicidade

Segundo o comunicado divulgado pela Embraer, o acordo “visa criar oportunidades de financiamento para a venda de aeronaves da Embraer na China e no mercado internacional”.

O objetivo também é investir no desenvolvimento dos mercados regional e de aviação executiva na China. O acordo pode atingir US$ 1,5 bilhão, cerca de R$ 2,6 bilhões, nos próximos cinco anos, segundo a Embraer.

A Avic Leasing lidera o mercado chinês de financiamento, com ativos de leasing de mais de US$ 1,2 bilhão, ou mais de R$ 2 bilhões, e frota de 62 aeronaves.

A Embraer espera que a demanda chinesa por jatos regionais alcance 950 unidades nos próximos 20 anos, com demanda maior por modelos com capacidade entre 91 e 120 passageiros.

A empresa brasileira é a terceira maior construtora aeronáutica do mundo, depois da europeia Airbus e da norte-americana Boeing, mantém uma unidade de fabricação em Harbim, no sudeste da China.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.