Crise

Europa indica ser favorável a renegociar pagamento da dívida grega

REUTERS/Thierry Roge
Texto por: Ana Carolina Dani
2 min

A Europa deu sinais de flexibilidade neste domingo e indicou que pode conceder à Grécia um prazo maior do que o atual para que o país reembolse o empréstimo obtido recentemente do Fundo Monetário Internacional e países europeus.

Publicidade

Em declaração à imprensa, nesta segunda-feira em Bruxelas, a ministra das Finanças da Austria, Maria Fekter, dissse ser favorável a u um escalonamento mais longo da dívida grega.

As declarações foram feitas pouco antes da abertura da reunião dos ministros das Finanças dos 25 países da União Europeia, em Bruxelas.

Ontem, a Alemanha já havia indicado ser favorável a dar mais tempo à Grécia, desde que houvesse participação de credores privados.

A Grécia obteve no final do ano passado um pacote de ajuda no valor de 110 bilhões de euros a ser reembolsado em três anos. O país deveria, em teoria, ter condições de refinanciar a divida no mercado a partir de 2012, mas tudo indica que a Grécia vai precisar de mais um empurrãozinho dos colegas europeus.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.