Candidatura FMI

Depois do Brasil, ministra francesa vai a Índia defender posto no FMI

A ministra Christine Lagarde oficializou na quarta-feira (25 de maio) sua candidatura à direção do FMI.
A ministra Christine Lagarde oficializou na quarta-feira (25 de maio) sua candidatura à direção do FMI. AFP / Bertrand Langlois

A ministra francesa da Economia, Christine Lagarde, prossegue seu giro pelos países emergentes para tentar angariar apoio à sua candidatura para a direção do Fundo Monetário Internacional (FMI). Depois do Brasil, Lagarde viaja agora para a Índia.

Publicidade

A ministra francesa chega à Nova Déli nesta terça-feira para uma visita de menos de 24 horas. Ela vai se reunir com o primeiro-ministro indiano, Mahmohan Singh, com o ministro das Finanças, Pranab Mukherjee, e com o presidente da Comissão de Planejamento do Parlamento indiano, Montek Singh Ahluwalia.

Os países emergentes, incluindo o Brasil, vêm pressionando para que o critério para a escolha do diretor do FMI não seja exclusivamente geográfico. Atualmente, um acordo informal entre a Europa e os Estados Unidos garante que a direção do FMI seja ocupada por um europeu e a direção do Banco Mundial, por um norte-americano.

A Índia não se manifestou sobre o tema, mas também não se mostrou hostil à uma candidatura europeia. Na semana passada, o premiê indiano disse apoiar o "melhor candidato, independentemente de sua nacionalidade".

Lagarde é apontada como favorita para substituir o francês Dominique Strauss-Khan na direção do FMI, face ao outro candidato, o presidente do Banco Central do México, Agustin Carstens.

No final de maio, a ministra francesa esteve no Brasil para tentar obter o apoio do país. O governo brasileiro, que pede mais participação dos emergentes e países latino-americanos nas decisões do FMI, disse que vai esperar o dia 10 de junho, quando termina o prazo para a inscrição das candidaturas, para se pronunciar sobre o assunto.O giro internacional de Cristine Lagarde também inclui a China, Rússia e Arábia Saudita.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.