Acessar o conteúdo principal
União Europeia/Grécia

Zona do euro se compromete a ajudar Grécia com segundo empréstimo

Nicolas Sarkozy, após cúpula da zona do euro, em Bruxelas, nesta quinta-feira.
Nicolas Sarkozy, após cúpula da zona do euro, em Bruxelas, nesta quinta-feira. Reuters
Texto por: RFI
2 min

Os líderes dos países integrantes da zona do euro chegaram a um acordo sobre um segundo plano de ajuda para tentar atenuar a crise econômica e financeira na  Grécia. O novo plano, de um valor total de 159 bilhões de euros, terá a colaboração do setor privado, anunciou o presidente francês, Nicolas Sarkozy, na quinta-feira à noite.

Publicidade

O anúncio foi feito após a cúpula extraordinária do bloco, em Bruxelas. Dos 159 bilhões de euros previstos no novo plano, 109 bilhões serão financiados com recursos públicos do Fundo Monetário Internacional (FMI) e dos europeus e cerca de 50 bilhões virão do setor privado.  "Vamos ajudar a Grécia a retomar o caminho do crescimento", declarou o presidente francês.

 O acordo prevê, ainda, a reformulação do Fundo de Socorro Financeiro da Zona Euro, que, a partir de agora, poderá conceder empréstimos aos países em dificuldades com um prazo de até 15 anos para reembolso e com taxas de juros de 3,5%. Atualmente, o Fundo prevê o reembolso em 7 anos com  juros entre 4,5% e 5,8%.

"Vamos fazer a nossa parte para ajudar a Grécia", declarou a diretora-gerente do FMI, a francesa Christine Lagarde. Segundo ela, as medidas adotas vão apoiar o crescimento e a estabilidade econômica do país.

Sarkozy acrescentou que propostas para melhorar a governança da zona do euro serão feitas antes do final do verão europeu. Na quarta-feira, o presidente francês foi recebido em Berlim pela chanceler alemã, Angela Merkel, para discutir detalhes desse novo plano de resgate grego. O encontro durou sete horas.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.