Crise

Fitch rebaixa nota de 5 regiões da Espanha

A agência de rating Fitch rebaixou a nota de 5 regiões da Espanha
A agência de rating Fitch rebaixou a nota de 5 regiões da Espanha Reuters/Alessandro Garofalo
Texto por: Daniela Leiras
2 min

A agência de classificação de risco (rating) Fitch rebaixou, nesta quarta-feira, a nota de risco de crédito de cinco regiões da Espanha, entre elas a Catalunha.

Publicidade

A decisão é mais um golpe duro para a economia espanhola, que acumula déficits colossais e a maior taxa de desemprego da zona do Euro.

A Fitch justificou o rebaixamento devido "ao forte endividamento" das regiões espanholas, que têm deixado inquietos mercado, governos e investidores.

O temor é que o governo da Espanha não consiga cumprir o objetivo de reduzir o déficit para 6% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2011 e 3% em 2013, que é o teto estipulado pelo pacto de estabilidade europeu.

A agência rebaixou as notas de cinco regiões. Além da Catalunha, também tiveram a nota rebaixada as regiões de Andaluzía, Canárias, Valência e Murcia.

O líder do governo espanhol, José Luiz Rodriguez Zapatero, disse, nesta quarta-feira, que aposta em um crescimento para o terceiro trimestre deste ano similar ao registrado no segundo trimestre, ou seja, 0,2%. Zapatero reconheceu, entretanto, que a crise na Grécia pode comprometer as previsões.

Vários analistas estimam que a previsão anual de crescimento das autoridades espanholas, de 1,3% do PIB, é demasiado otimista. A agência de classificação de risco Standard & Poor's e o Banco da Espanha apostam em um crescimento bem menor, de 0,8% do PIB.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.