Acessar o conteúdo principal
Economia

Em tempos de crise na França, custos de guerra no Mali preocupam

Áudio 03:54
Presidente François Hollande encontrou-se com soldados que partiriam para o Mali, no último final de semana.
Presidente François Hollande encontrou-se com soldados que partiriam para o Mali, no último final de semana. REUTERS/Philippe Wojazer
Por: Lúcia Müzell
6 min

A intervenção militar francesa no Mali acontece em um momento crítico em que a França aumenta os impostos e promove cortes no orçamento, inclusive o da Defesa, que embora se mantenha em 31 bilhões e meio neste ano, congelou 5 bilhões previstos para investimentos. O custo estimado da operação no Mali é de 400 milhões de euros por dia, conta que pode ser difícil de os franceses engolirem a longo prazo, devido à crise econômica que não dá sinais de melhora no país.

Publicidade

O general Jean-Vincent Brisset, diretor de pesquisas em Defesa do Instituto de Relações Internacionais e Estratégicas, avalia que esta estimativa é plausível, mas lembra que o orçamento de uma guerra é permeado por custos difíceis a avaliar.

Por enquanto, a operação da França no Mali é apoiada por 75% dos franceses. Mas esta opinião favorável poderá mudar rápido se o confronto for mais longo do que algumas semanas, na opinião de Antoine Bozio, diretor do Instituto de Políticas Públicas do Paris School of Economics. Ele lembra que o orçamento da Defesa possui uma reserva para operações imprevistas.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.