Nobel/ Economia

Francês recebe Nobel de Economia por pesquisas sobre o mercado

O prêmio Nobel de economia 2014 foi para o economista e professor Jean Tirole, 61 anos, da Universidade de Toulose, na França.
O prêmio Nobel de economia 2014 foi para o economista e professor Jean Tirole, 61 anos, da Universidade de Toulose, na França. Facebook/ J. Tirole- arquivo pessoal

O vencedor do prêmio Nobel de Economia é um francês. O pesquisador Jean Tirole, 61 anos, recebeu nesta segunda-feira (13) a recompensa pelos estudos sobre as finanças, as empresas e os mercados. Desde 2008, a premiação era oferecida a mais de um pesquisador.

Publicidade

Em um comunicado, o júri do Nobel destacou que Tirole foi premiado pela “análise do poder dos mercados e da regulação”. “Jean Tirole é um dos economistas mais influentes da nossa época. Ele é o autor de contribuições teóricas importantes em várias áreas, mas sobretudo esclareceu a maneira de compreender e regular os setores que contam com algumas empresas poderosas”, diz o texto.

“É uma grande surpresa. Fico feliz”, declarou o pesquisador, ao receber a notícia. “Nós não somos o que melhor avaliamos o nosso próprio trabalho, portanto não era algo com o qual eu contava”, comentou.

Tirole era citado como favorito a ser agraciado há alguns anos. Ele é professor da Universidade de Toulouse desde os anos 1990, depois de uma temporada de estudos no MIT (Massachusetts Institute of Technology), nos Estados Unidos.

“A melhor regulação ou política em matéria de concorrência deve ser cuidadosamente adaptada às condições específicas de cada setor. Em uma série de artigos e livros, Jean Tirole apresentou um quadro geral para conceber tais políticas e o aplicou a alguns setores, que vão das telecomunicações aos bancos”, resumiu a Academia Real de Ciências da Suécia. “Ao se inspirar dessas novas perspectivas, os governos podem incentivar melhor as empresas poderosas a se tornarem mais produtivas e, ao mesmo tempo, impedi-las de enganar os concorrentes e os consumidores.”

Terceiro francês a ganhar o Nobel

Essa é a terceira vez que um francês recebe o Nobel de Economia, depois de Gérard Debreu, em 1983, e Maurice Allais, em 1988. Fazia seis anos que o prêmio não era atribuído a somente um pesquisador. Os vencedores do ano passado foram os americanos Eugene Fama, Lars Peter Hansen e Robert Shiller.

Tirole nasceu em Troyes, filho de um pai médico e uma mãe professora de literatura. Ele estudou matemática na Ecole Polytechnique e começou a se interessar pela economia aos 21 anos.

Formado em engenharia na Ecole des Ponts et Chaussées, Tirole fez doutorado no MIT. De volta à França em 1991, foi um dos fundadores do Instituto de Economia Industrial da Universidade de Toulouse. Em 2007, o pesquisador foi o segundo economista a receber a medalha de ouro do Conselho Nacional de Pesquisa Científica (CNRS, na sigla em francês).

O prêmio de Economia é o último da série de recompensas Nobel de 2014.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe todas as notícias internacionais baixando o aplicativo da RFI