'Volta de Schumacher à Fórmula 1 foi um grande erro', diz Flavio Briatore

Flavio Briatore
Flavio Briatore Reuters

O italiano Flavio Briatore foi expulso da Fórmula 1, no ano passado, por envolvimento no escândalo da Renault com Nelsinho Piquet, mas não se contenta em viver na sombra. Em entrevista à imprensa alemã, falou mal do desempenho do piloto da Mercedes.

Publicidade

Com a língua afiada, o ex-diretor das escuderias Renault e Benetton foi entrevistado pela imprensa alemã, que publicou nesta quarta-feira declarações nada amigáveis a seu ex-discípulo Michael Schumacher. O italiano afirmou que a volta do piloto alemão às pistas foi um "grande erro".

"Ele acreditava ter tomado uma boa decisão no momento da assinatura do contrato, mas acredito que percebeu, a partir dos primeiros treinos mais sérios, que foi um grande erro", declarou Briatore, que não é o único a criticar o fraco desempenho do alemão.

Também já deram declarações sobre isso Eddie Jordan e os ex-pilotos Martin Brundle, David Coulthard e Eddie Irvine.

Campeão mundial sete vezes, Schumacher retornou às pistas para a temporada deste ano na Mercedes, três anos depois de sua despedida oficial. Desta vez, o maior vencedor da história da Fórmula 1 está tendo um desempenho bem discreto. Schumi ocupa a nona posição na classificação, com 47 pontos, 140 a menos do que o líder Mark Webber.

Flavio Briatore lembra que Schumacher não é mais um garotinho:

"Ele percebeu que os jovens pilotos eram muito rápidos e estavam motivados. Com 41 anos, Michael simplesmente não pode competir com os Rosberg", disse o italiano, em referência à nova geração da Fórmula 1.

Briatore foi proibido de trabalhar na Fórmula 1 até 31 de dezembro de 2012 por ter pedido a Nelsinho Piquet para provocar um acidente no Grande Prêmio de Cingapura, em 2008, e assim dar a vitória ao espanhol Fernando Alonso. O italiano banido disse à imprensa alemã que não pretende voltar à categoria.

"Quero desfrutar do trabalho, este é meu motor, e na Fórmula 1 atual não conseguiria nenhuma satisfação", conclui o ex-diretor.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.