Basquete/Mundial

Brasil enfrenta República Tcheca por vaga nas quartas de final

16º Campeonato Mundial Adulto Feminino
16º Campeonato Mundial Adulto Feminino cbb/ Gaspar Nóbrega

Depois da dramática vitória de ontem contra o Japão, na prorrogação, por somente 2 pontos, as meninas da SeleçãoBrasileira de Basquete enfrentam hoje a República Tcheca, que joga em casa. Se ganharem, as garotas vão para as quartas de final.

Publicidade

A vitória sofrida contra o Japão trouxe mais confiança e tranqüilidade para a equipe. Na manhã desta quarta-feira, a seleção fez um treinamento tático para acertar os últimos detalhes antes da partida decisiva contra a República Tcheca. A ala Sílvia, em entrevista exclusiva para a Rádio França Internacional, afirmou: "A confiança aumentou e vamos mais tranquilas para o jogo, hoje já treinamos e discutimos novas táticas de defesa".

Apesar dessas declarações otimistas, tranqüilo, o jogo não deve ser. Afinal, o Brasil vai enfrentar as donas da casa. Silvia, porém, diz que as brasileiras já estão acostumadas a jogar em estádios lotados. "Todas estamos acostumadas a jogar em casa cheia, tanto a favor como contra. Acho que o basquete é mais bonito de se jogar quando a casa está cheia, isso não atrapalha em nada a gente, pode ser vaia, pode ser aplauso, fica mais bonito assim...", diz Silvia.

O Brasil entra em quadra hoje às 18 horas, horário de Brasília, por uma vaga nas quartas-de-final do Campeonato Mundial.

Brasil enfrenta República Tcheca em jogo decisivo

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.