Futebol/ Seleção Brasileira

Brasil espera superar retranca do Irã

Este será o segundo amistoso do técnico Mano Menezes (último a direita), à frente da seleção.
Este será o segundo amistoso do técnico Mano Menezes (último a direita), à frente da seleção. Reuters

A seleção brasileira de futebol entra em campo daqui há pouco, às 14h, horário de Brasília, contra o Irã, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Este será o segundo amistoso do técnico Mano Menezes à frente da seleção. A equipe brasileira vai jogar no esquema 4-4-3. No ataque, estão Robinho e Alexandre Pato, do Milan, e Philippe Coutinho, do Internazionale de Milão.  

Publicidade

O objetivo do técnico Mano Menezes é montar um time ofensivo, já que ele espera que o Irã jogará bastante recuado. Em entrevista coletiva, o técnico comparou a partida de hoje com o amistoso disputado contra os Estados Unidos, em agosto:

“O Irã é um adversário com uma proposta tática diferente da apresentada pelos Estados Unidos, que saiu para o jogo. Naquela ocasião, conseguimos desenvolver um bom futebol e vencer a partida. Já o Irã deve vir mais fechado e vamos ter que rodar mais a bola. Acredito em mais dificuldades até abrirmos o placar ou construirmos uma boa vantagem”, disse o treinador.

Mano Menezes vai repetir praticamente o mesmo time que disputou o jogo-treino contra o Barcelona B, em setembro. A única mudança é no gol: Diego Alves dá lugar a Victor.

Dos 22 jogadores que estão em Abu Dhabi, apenas cinco disputaram a Copa do Mundo: o lateral-direito Daniel Alves, o zagueiro Thiago Silva, o volante Ramires e os atacantes Robinho e Nilmar. Já outros cinco atletas foram convocados pela primeira vez: o goleiro Neto, o lateral-direito Mariano, os volantes Elias e Wesley e do meia Giuliano.

Após o jogo, a Seleção brasileira segue para a Inglaterra, onde enfrenta a Ucrânia, na próxima segunda-feira.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.