Acessar o conteúdo principal
Esportes

"Jogadores sem Fronteiras" vai criar centro em comunidade em Fortaleza

A associação tem o objetivo de apoiar crianças e jovens carentes do mundo.
A associação tem o objetivo de apoiar crianças e jovens carentes do mundo.
Texto por: Leticia Constant
8 min

Idealizada por voluntários de todas as áreas profissionais, a associação francesa "Footballers sans Frontières" (Jogadores sem Fronteiras) foi criada em 1996 com o fim de organizar eventos e jogos de futebol e captar fundos para apoiar outras entidades que apoiam crianças e adolescentes carentes do mundo inteiro. A comunidade de Pirambu foi escolhida para acolher o primeiro centro no Brasil.  

Publicidade

Apesar de existir há 14 anos, organizando amistosos com celebridades esportivas, "Jogadores sem Fronteiras" não tinha um projeto próprio. O consultor Guillaume Cabanes, especializado em iniciativas relacionadas a Educação e Esportes, que já dirigiu a "Gol de Letra", do jogador Raí, entrou para "Jogadores sem Fronteiras" para elaborar um projeto ligado ao tema do apoio à infância no Brasil; Cabanes considera que nosso país tem perspectivas excepcionais com seus futuros eventos, a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

Ceará

O local escolhido para a implementação do primeiro centro no Brasil foi a segunda maior comunidade brasileira depois da Rocinha, a comunidade do Pirambu, em Fortaleza; é lá que será erguida a unidade de "Jogadores sem Fronteiras", que vai apoiar cerca de mil crianças e adolescentes carentes, por ano. Pirambu tem 50 mil habitantes.

Entre os padrinhos do projeto, está o famoso ator britânico Hugh Grant e o pintor francês e ex-navegador, Titouan Lamazou.

"Jogadores sem Fronteiras" planeja começar suas atividades no Brasil entre abril e maio de 2011, em parceria com a associação de apoio e de proteção à criança e ao adolescente do Grande Pirambu.

Quem quiser conhecer melhor a iniciativa, pode consultar o site da associação.

Ouça entrevista com Guillaume Cabanes

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.