Futebol/Transferências

Real Madrid lança ofensiva para comprar Neymar, afirma jornal espanhol

Capa do jornal Marca dá destaque para o atacante Neymar.
Capa do jornal Marca dá destaque para o atacante Neymar. marca.com

A contração do jogador santista Neymar virou um dos objetivos prioritários e quase obsessão para o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, informa o jornal esportivo Marca na edição desta quarta-feira. Mas a compra do passe do atacante brasileiro poderia sair bem mais cara do que custou Messi para o Barcelona.

Publicidade

Segundo o jornal, caso queira ter Neymar no seu elenco, o clube merengue terá que desembolsar muito dinheiro já que o Santos descartou uma oferta de 35 milhões de euros do Chelsea na temporada passada. Este ano o valor do passe não sairia por menos de 45 milhões, curiosamente o mesmo valor da cláusula do jogador Agüero.

Apesar de o agente de Neymar negar contatos com a direção do Real Madrid, documentos mostraram o contrário, escreve o Marca citando uma suposta conversa por torpedo entre o diretor executivo do clube, José Angel Sanchez, e Ronaldo a quem foi pedido para ajudar a acelerar as negociações diante de um eventual interesse também do arqui-inimigo Barcelona.

Herdeiro

O jornal esportivo espanhol lembra que Ronaldo, um velho conhecido do clube merengue, foi quem indicou o nome do atacante santista para a direção do Real Madrid. O “padrinho” fez o nome de Neymar entrar com força na lista de reforços do time madrilenho. “Ele é meu herdeiro. Tem muito talento e pode ainda progredir muito tanto física quanto tecnicamente”, disse Ronaldo sobre o jogador santista de 19 anos.

O Marca lembra que Neymar entrou na mira de muitos clubes europeus, mas ultimamente Real Madrid e Barcelona começaram uma batalha muito particular para contratar o craque. A vantagem do Real Madrid, segundo o jornal, é a boa relação de Florentino Pérez com o representante do jogador, Wagner Ribeiro, o mesmo que negociou também a contratação de Robinho, outro ex-jogador santista. Segundo o Marca, o próprio agente tratou de por fim aos rumores ao afirmar que ninguém do Real Madrid entrou em contato com Neymar nem com ele.

A concentração do atacante para a final da Copa Libertadores seria uma prioridade para o jogador, que teve seu passe muito valorizado no último ano. Tirá-lo do Santos também vai custar caro, avisou Wagner. “No ano passado recebemos uma oferta de 35 milhões de euros e foi recusada. Agora o valor subiu e não sairá por menos de 45 milhões (de euros)”, afirmou Wagner de acordo com o jornal esportivo.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.