COPA 2014

Rússia está mais avançada do que o Brasil nas obras da Copa, diz a Fifa

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, em Moscou.
O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, em Moscou. Reuters

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, lançou uma grave advertência contra o atraso do Brasil nos preparativos para a Copa do Mundo de 2014. Ao participar do fórum Inside World Football, em Moscou, Valcke disse que a Rússia, que sedia o Mundial de 2018, está mais avançada do que o Brasil no calendário das obras.

Publicidade

"Faltam muitas coisas para terminar. Não temos os estádios, não temos os aeroportos, não temos um sistema de transportes nacional em funcionamento", desabafou o secretário-geral da Fifa ao comentar os preparativos da Copa de 2014 no Brasil. "Não dá para construir um estádio no último minuto", reclamou o dirigente, destacando que ter os estádios prontos é a etapa mais importante na preparação de um Mundial. Nesse aspecto, a Rússia está mais avançada do que o Brasil, afirmou Valcke.

Em março, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, já havia alertado as autoridades brasileiras sobre o atraso na execução das obras. Na época, Blatter foi menos incisivo do que seu braço direito, que agora começa a perder a paciência com o descaso das autoridades brasileiras.  

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.