Acessar o conteúdo principal
Natação/Doping

Cielo se defende de acusação de doping em Xangai

O nadador brasileiro Cesar Cielo.
O nadador brasileiro Cesar Cielo. Reuters
2 min

Cesar Cielo, o nadador brasileiro atual recordista mundial dos 50m e 100m livre, viveu nesta quarta-feira um dia decisivo na sua carreira. Ele se defendeu, em Xangai, da acusação de doping, após um teste de controle revelar traços de um diurético proibido durante um torneio realizado no Brasil.  

Publicidade

Cielo foi ouvido pelo Tribunal Arbitral do Esporte, que vai definir se o campeão mundial e olímpico poderá ou não participar do Campeonato Mundial de Natação de 2011, que acontece em Xangai a partir do próximo domingo. Uma sentença contrária ao brasileiro poderia excluir sua participação nos Jogos Olímpicos de Londres.

Cielo estava bem vestido, bem humorado, mas não falou com os jornalistas. O nadador foi defendido pelo advogado americano Howard Jacobs, especialista em casos de doping. A decisão do julgamento deve ser divulgada no final da tarde de quinta-feira, no horário chinês.

Junto com Cielo, outros três nadadores brasileiros estão sendo julgado pelo Tribunal Arbitral do Esporte. Nicolas dos Santos, Henrique Barbosa e Vinicius Waked também tiveram o diurético furosemida encontrado na urina e não vão participar do Mundial de Xangai. Todos os nadadores afirmam ser vítimas de suplementos alimentares contaminados.
 

Com a colaboração de Pedro Simão

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.