Acessar o conteúdo principal
Futebol

Renúncia de Ricardo Teixeira da CBF é destaque na imprensa francesa

José Maria Marin vai substituir Ricardo Teixeira na direção da CBF
José Maria Marin vai substituir Ricardo Teixeira na direção da CBF REUTERS/Ricardo Moraes
Texto por: Silvano Mendes
2 min

A notícia da saída de Ricardo Teixeira da presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) repercutiu imediatamente na imprensa francesa. Sites de jornais como Le Monde relatam o anúncio feito nessa segunda-feira pelo dirigente, que também deixa o comando do Comitê Organizador Local (COL) da Copa de 2014.

Publicidade

O site do jornal francês Le Monde explica que a saída de Ricardo Teixeira já era esperada desde quinta-feira, quando ele se afastou do cargo graças a uma licença médica. Baseado na imprensa brasileira, o vespertino diz que esse afastamento na semana passada já estava ligado às acusações de corrupção. O jornal explica que a justiça já abriu um processo contra o dirigente, acusado de lavagem de dinheiro.

Ouest France, o maior diário francês em termos de tiragem, ressalta que a demissão acontece a apenas dois anos da Copa do Mundo sediada pelo Brasil. O jornal lembra que Teixeira estava à frente da CBF desde 1989, mas também fazia parte do conselho de administração do COL, o Comitê Organizador Local para o mundial de 2014. Ambos os cargos serão assumidos por José Maria Marin, como relata o canal francês de televisão TF1.

O assunto também chamou a atenção da revista Nouvel Observateur, que traz reportagem com o título “Acusado de corrupção, o todo poderoso patrão do futebol brasileiro pede demissão”. Já o site da revista francesa Le Point, que explica as causas da demissão de Teixeira em detalhes, ressalta que o dirigente se diz inocente, e recusa as acusações de ter recebido mais de 9 milhões de dólares ilegalmente entre 1992 e 1997.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.