Acessar o conteúdo principal
Futebol/Eurocopa

Cristiano Ronaldo cai nas graças da imprensa ao classificar Portugal para a semifinal

Cristiano Ronaldo celebra el gol contra la República Checa que le valió a Portugal el pase a semifinales
Cristiano Ronaldo celebra el gol contra la República Checa que le valió a Portugal el pase a semifinales Reuters
3 min

A imagem de Cristiano Ronaldo, autor do gol da classificação de Portugal para semi-final da Eurocopa, estampa as manchetes de toda a imprensa portuguesa nesta sexta-feira. A comemoração do gol deu origem também à polêmica de que ele teria feito referência ao craque argentino Messi.

Publicidade

"O melhor jogador do mundo foi novamente decisivo", escreveu o esportivo A Bola, exaltando a vantagem de Cristiano Ronaldo sobre o jogador argentino do Barcelona na briga pela Bola de Ouro, o maior prêmio individual concedido pela FIFA e pela revista francesa FranceFootball. “É o melhor do mundo”, acrescenta o jornal Record.

Depois de muitas críticas nas primeiras duas atuações do atacante na competição, a imprensa do país não poupa elogios ao craque que igualou o número de gols do francês Michel Platini em competições na Eurocopa, 6. A imagem de Cristiano Ronaldo junto aos torcedores começou a mudar depois dos dois gols da vitória contra a Holanda.

“Imparável” foi o título escolhido pelo jornal A Bola ilustrando a manchete com a explosão de alegria do jogador após marcar o único e decisivo gol contra a República Tcheca. Para o Correio da Manhã, Cristiano Ronaldo é um craque de ouro e seu gol e performance de luxo levaram Portugal às semi-finais.

“Super-Ronaldo coloca Portugal a um jogo da final”, comemora o Diário de Notícias. Já o Público não deixou de lembrar que o atacante perdeu algumas chances de gol, mas demonstrou que tem um “repertório sem limites”

Os elogios da imprensa não foram apenas para a grande estrela da seleção portuguesa. “A equipe do treinador Paulo Bento mostrou mais uma vez suas melhores armas: um Cristiano Ronaldo fantástico, uma paciência se limites e uma organização irrepreensível”, destacou o Diário de Notícias.

Na semi-final, Portugal enfrentará o vencedor de Espanha e França, que jogam no sábado. Apesar de otimista com Cristiano Ronaldo e companhia, a imprensa portuguesa adianta que serão pelo menos mais 90 minutos de sofrimento porque o próximo adversário será um dos dois gigantes do futeubol europeu.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.