Futebol/França

Sem outra opção, brasileiro Nenê fica no PSG

O brasileiro Nenê, meia-atacante do PSG.
O brasileiro Nenê, meia-atacante do PSG.

O meia-atacante brasileiro do Paris Saint-Germain deve permanecer no clube francês por pelo menos mais um ano. As várias negaciações para a transferência de Nenê, que havia anunciado sua saída do time, fracassaram.

Publicidade

A novela da possível transferência do meia-atacante brasileiro Nenê do clube francês Paris Saint-Germain parece chegar ao fim. O prazo final para o jogador ser liberado do PSG é cinco de setembro e ninguém mais acredita na possibilidade de uma oferta de última hora pelo passe de Nenê, diz o jornal L'Equipe de hoje. O meia, que está insatisfeito porque não conseguiu prolongar seu contrato com o clube até 2015, tenta negociar sua transferência. Os italianos Milan e Roma, o turco Galatassaray e o brasileiro Corinthians se mostraram interessados, mas as ofertas foram recusadas pelo Paris Saint-Germain.

Nenê, melhor artilheiro do PSG na temporada passada, tem contrato com o clube francês até junho do ano que vem. O jogador, de 31 anos, acabou reconhecento as vantagens de permanecer no clube francês, escreve o l'Equipe. Com o PSG, além do salário de 330 mil euros por mês, ele terá a oportunidade de vencer o campeonato francês e disputar a Liga dos Campeões da Europa, que são seus objetivos antes do final de sua carreira.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.