Acessar o conteúdo principal
Fórmula 1

Jenson Button vence GP da Bélgica. Felipe Massa fica em quinto

Lotus do francês Grosjean bate na Ferrari de Fernando Alonso no acidente que tirou vários pilotos do GP da Bélgica.
Lotus do francês Grosjean bate na Ferrari de Fernando Alonso no acidente que tirou vários pilotos do GP da Bélgica. REUTERS/Jan Van De Vel
3 min

O britânico Jenson Button foi o campeão do Grande Prêmio da Bélgica disputado neste domingo. A corrida foi repleta de emoções e marcada por um acidente que tirou vários pilotos da prova logo após a largada. O piloto da McLaren cruzou a linha de chegada em primeiro, à frente do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, e de Kimi Raikonnen, da Lotus.

Publicidade

Button, que largou na pole position, fez uma corrida perfeita do início ao fim e comemorou sua 14ª vitória na Fórmula 1 e a segunda da temporada após o trunfo do GP da Austrália.

“Este circuito é tão especial para todos os pilotos que ganhar aqui, na frente do princípio ao fim, é verdadeiramente muito especial. Sobretudo nesta temorada em que nada tem sido fácil para mim”, disse Button no pódio ao ser interrrogado pelo ex-campeão belga Jacky Ickx

A corrida no circuito de Spa-Francortchamps foi marcada pelo acidente na primeira curva do circuito. Ao tentar forçar uma ultrapassagem, o francês Romain Grosjean se chocou com a McLaren do britânico Lewis Hamilton e fez sua Lotus voar por cima da Ferrari do espanhol Fernando Alonso, líder do campeonato.

O acidente também envolveu o mexicano Sergio Pérez (Sauber) e acabou tirando todos esses pilotos da prova. O venezuelano Pastor Maldonado também abandonou a corrida umas voltas depois, também devido a um acidente.

Um dos grandes beneficiados foi o alemão Sebastian Vettel, que com seu segundo lugar na Bélgica marcou 140 pontos e volta a brigar pelo título do campeonato por ter diminuído para 24 a diferença de pontos para Alonso.

"Foi uma corrida doida. Larguei na 11ª posição e adotamos uma boa estratégia. O carro também funcionou bem e me diverti principalmente brigando com Michael (Schumacker). Quero voltar no ano que bem porque esse circuito é incrível”, disse Vettel.

O brasileiro Felip Massa também foi outro piloto favorecido pelo acidente e terminou o GP da Bélgica em 5° lugar, após ter largdo em 14°. O piloto brasileiro comemorou o resultado, seu segundo melhor da temporada. Bruno Senna, da Wiliams, terminou apenas em 12°.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.