Futebol

Confronto entre torcedores de Marseille e Lyon deixa dez feridos

Vidro de um café na região da avenida Champs Elysées ficou destruído depois da "festa" do PSG
Vidro de um café na região da avenida Champs Elysées ficou destruído depois da "festa" do PSG REUTERS/Benoit Tessier

Dez pessoas ficaram feridas em uma briga entre torcedores do Olympique de Marselha e do Lyon, que se encontraram na estrada de Bollène, conforme se deslocavam para acompanhar seus times que disputam a penúltima rodada da Ligue 1, campeonato francês de futebol. O encontro aconteceu por acaso: o Marselha enfrenta o Saint-Etienne fora de casa às 21h deste sábado (16h, no horário de Brasília) e o Lyon joga contra o Nice, também como visitante, no mesmo horário.

Publicidade

De acordo com a polícia, o confronto foi violento e os torcedores se agrediram com tacos de beisebol. Dez ambulâncias foram deslocadas para a estrada. Até agora, não se sabe a gravidade das lesões nem para clube torcem os feridos. Um responsável do Olympique de Marselha confirmou que houve "uma confusão" no acostamento da Bollène, mas não deu mais informações.

Com 63 pontos na tabela, o Lyon pode garantir ainda neste sábado o terceiro lugar na competição se vencer o Saint Etienne e o Lille não bater o Montpellier fora de casa. Os 70 pontos do OM já lhe asseguraram o vice campeonato. Na semana passada, o Paris Saint Germain foi campeão antecipado depois de vencer o Olympique Lyonais, em Lyon, por 1 a 0. Havia 18 anos que os parisienses não venciam a Ligue 1.

Final conturbado
A confusão deste sábado não foi o único episódio lamentável a marcar os extertores da temporada francesa 2012/2013. Depois que o PSG garantiu a liderança, torcedores do clube foram comemorar o título na praça do Trocadero, diante da torre Eiffel. O que era para ser uma festa terminou em pancadaria. Hooligans entraram em confronto com as tropas de choque. Resultado: 30 pessoas ficaram feridas, incluindo três policiais. Um ônibus de turismo foi vandalizado e 21 pessoas foram presas.

Em um comunicado divulgado na manhã da última terça-feira, a direção do Paris Saint-Germain lamentou os distúrbios e denunciou cerca de 100 agitadores que estragaram a festa do clube. "Todos nós, jogadores e dirigentes, lamentamos ter sido obrigados a abreviar a cermônia de entrega do troféu junto com o nosso público, torcedores fiéis e apaixonados. A festa foi estragada pela presença de uma centena de baderneiros que não têm nada a ver com o futebol", afirmou o texto. Uma nova comemoração deve acontecer na noite deste sábado, no Parc des Princes, onde o PSG enfrenta o Brest, pela 37ª rodada da competição.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.