Futebol/PSG

Leonardo é punido com nove meses de suspensão por empurrar árbitro

Leonardo não poderá entrar nos vestiários ou assistir aos jogos no banco de reservas durante nove meses.
Leonardo não poderá entrar nos vestiários ou assistir aos jogos no banco de reservas durante nove meses. REUTERS/Stéphane Mahé

O brasileiro Leonardo foi sancionado com uma suspensão de nove meses de todas as suas atividades no Paris Saint-Germain. O diretor esportivo do time francês foi punido por ter empurrado um árbitro nos vestiários do estádio Parc des Princes.O PSG também teve três pontos retirados pelo Comitê Disciplinar da Liga Francesa.

Publicidade

Durante os próximos nove meses Leonardo não poderá exercer nenhuma função oficial no Paris Saint-Germain. O diretor esportivo também ficará fora dos vestiários e não poderá assistir aos jogos do time no banco de reservas. A decisão do Comitê Disciplinar da Liga Francesa foi uma sanção ao empurrão que o brasileiro deu no árbitro o juiz Alexandre Castro, no dia 5 de maio, ao final da partida entre o PSG e o Valenciennes, nos vestiários do estádio Parc des Princes.

Leonardo teria ficado irritado com o cartão vermelho do juiz ao zagueiro Thiago Silva, que havia tocado o árbitro com as mãos. O diretor esportivo, que negou ter empurrado do árbitro, já cumpria uma suspensão temporária há três semanas.

Além da punição do brasileiro, a Liga Francesa decidiu aplicar uma sanção time, retirando três pontos da equipe, detendora do título da campeonato francês. O PSG e o dirigente podem recorrer da decisão nos próximos dez dias.

A decisão também atrapalha os planos dos donos do clube para a próximo temporada, já que o Leonardo era apontado como forte candidato a substituir o técnico Carlo Ancelotti, que quer trocar o time parisiense pelo Real Madrid. Dificilmente o PSG dará o cargo para alguém que não poderá, até 8 de fevereiro, no meio da temporada, se sentar no banco de reservas para acompanhar as partidas. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.