Acessar o conteúdo principal
Futebol

Atlético-MG perde e precisa de vantagem de três gols para levar Libertadores

Diego Tardelli, do Atlético-MG depois da derrota do seu time pelo Olimpia, nesta quarta-feira, em Assunção, na primeira partida da decisão da Libertadores, por 2 a 0.
Diego Tardelli, do Atlético-MG depois da derrota do seu time pelo Olimpia, nesta quarta-feira, em Assunção, na primeira partida da decisão da Libertadores, por 2 a 0. REUTERS/Jorge Adorno
Texto por: RFI
2 min

O Atlético-MG perdeu ontem o jogo de ida da final da Copa Libertadores da América, contra o Olimpia, por 2 a 0. Com a derrota na casa do adversário, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, o clube mineiro precisa vencer por três gols, no dia 24, no Mineirão.

Publicidade

Na final do torneio, não há peso maior nos gols marcados fora de casa, então se o Atlético tiver uma vantagem de dois gols, a definição do título vai para a prorrogação.

Pesou contra o Atlético a atuação apagada de Ronaldinho Gaúcho, um dos principais destaques do clube. O time jogará a segunda partida com Bernard, que estava suspenso do jogo de ontem, mas não terá Richarlyson, expulso ontem, e Marcos Rocha, que levou um terceiro cartão amarelo.

Apesar da derrota, os jogadores atleticanos deixaram o campo com discurso de que podem vencer, apesar da desvantagem. Eles lembraram que terão a seu lado a torcida no Mineirão.

Trata-se da primeira vez que o time mineiro joga a final da Libertadores. O Olimpia paraguaio é tricampeão do torneio.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.