Formula 1

Vitória no GP da Coreia do Sul deixa Vettel próximo de mais um título

Sebastian Vettel comemora a conquista do GP da Coreia do Sul neste domingo, 06 de outubro de 2013.
Sebastian Vettel comemora a conquista do GP da Coreia do Sul neste domingo, 06 de outubro de 2013. REUTERS/Lee Jae-Won

Com sua vitória hoje no GP da Coreia do Sul, o alemão Sebastian Vettel deu mais um passo largo para conquistar mais um troféu de campeão mundial. O piloto da Red Bull comemorou sua 8ª vitória na temporada e disse que deverá ficar “atento” mesmo se seu 4° título mundial está “mais próximo”.

Publicidade

Durante entrevista coletiva após a cerimônia de entrega dos troféus no pódio do circuito de Yeongam, Vettel considerou sua vitória "maravilhosa”. Ele explicou não ter tido uma boa largada e comentou a dificuldade que representa a primeira curva do autódromo, que chega muito rápido.

No entanto, o piloto da Red Bull demonstrou sua satisfação de ter conseguido se manter à frente e até aumentado a distância para seus adversários. Vettel também elogiou as duas Lótus que chegaram atrás de sua Red Bull. “Kimi Raikonnen e Romain Grosjean estavam muito competitivos”, afirmou.

Questionado se ele pretende já conquistar por antecipação o título de campeão mundial no próximo GP,  Sebastian Vettel disse estar com pressa de chegar ao Japão que tem, segundo ele, o mais belo circuito do mundo e os fãs de Fórmula 1 mais fanáticos.

“Tenho 77 pontos de vantagem no campeonato, mas procuro não pensar sobre isso. Há dois anos, foi lá que conquistei o títiulo, foi uma chance incrível”, lembrou. “ Ainda tem muitos pontos em disputa (125 no máximo em 5 corridas) e devemos continuar a trabalhar muito, ficar atentos, apesar de que o título está próximo”, afirmou o piloto alemão.

Disputa

Sebastian Vettel agora tem 272 pontos na classificação geral, 77 a mais que o segundo, o espanhol Fernando Alonso da Ferrari que chegou em sexto na corrida deste domingo.

O segundo a cruzar a linha de chegada no circuito de Yeongam foi Kimi Raikkonen e o terceiro o francês Romain Grosjean, ambos da escuderia Lotus. Com o segundo lugar no pódio, Raikkonen assume a terceira posição na classificação geral e ultrapassa o inglês Lewis Hamilton. Felipe Massa terminou o GP da Coreia do Sul em 9° lugar.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.