Acessar o conteúdo principal
Brasil/Copa 2014

FIFA anuncia hoje se Arena de Curitiba será excluída da Copa

As obras ainda continuam no estádio Arena da Baixada em Curitiba. 17 de fevereiro de 2014.
As obras ainda continuam no estádio Arena da Baixada em Curitiba. 17 de fevereiro de 2014. REUTERS/Rodolfo Buhrer
Texto por: RFI
3 min

Hoje é o dia D para o estádio Arena da Baixada em Curitiba. As obras da capital paranaense são as mais atrasadas entre as 12 sedes escolhidas para o evento. A FIFA bate nesta terça-feira (18) o martelo para decidir se o estádio participará ou não do Mundial. O anúncio será feito pelo secretário-geral da Federação Internacional de Futebol, Jérôme Valcke, que está no Brasil.

Publicidade

O secretário-geral da FIFA, Jerôme Valcke, anuncia às 15h, no horário de Brasília, sua decisão sobre a Arena da Baixada de Curitiba. Diante do aumento dos rumores da exclusão do estádio da capital do Paraná, ele preveniu em sua conta no Twitter que qualquer informação antes de seu anúncio é pura especulação.

Mas os atrasos nas obras da Arena paranaense são preocupantes. Ninguém esquece a ameaça feita pelo próprio Valcke de excluir o estádio do Mundial se não constatasse progressos em sua nova visita ao local.

O secretário-geral da FIFA anunciará sua decisão durante entrevista coletiva em Florianópolis, onde se reúne amanhã com os técnicos das 32 seleções que participam da Copa do Mundo no Brasil.

Exclusão?

A exclusão de Curitiba arranharia a credibilidade do Brasil e poderia voltar a complicar a relação do país com a FIFA. Em março de 2012, a declaração de Jérôme Valcke de que o “Brasil precisava de um chute no traseiro” para avançar as obras para o Mundial criou um grande constrangimento.

Se a Arena da Baixada for excluída, a Federação Internacional de Futebol será obrigada a transferir os quatro jogos da primeira fase previstos em Curitiba para outras cidades. Os duelos entre Irã e Nigéria, no dia 16 de junho, Honduras X Equador (20/06), Austrália X Espanha (23/06) e Argélia X Rússia (26/06) acontecem, em princípio, na capital paranaense.

Dos 12 estádios escolhidos para sediar jogos da Copa, apenas sete estão prontos até agora. A presidente brasileira, Dilma Rousseff, garante que todas as arenas, inclusive a de Curitiba, ficarão prontas a tempo.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.