Acessar o conteúdo principal
Futebol/Liga dos Campeões

PSG e Chelsea empurram favoritismo para o outro

Zlatan Ibrahimovic durante entrevista coletiva no estádio Parque dos Príncipes, em Paris.
Zlatan Ibrahimovic durante entrevista coletiva no estádio Parque dos Príncipes, em Paris. REUTERS/Gonzalo Fuentes
3 min

O atacante do PSG, Zlatan Ibrahimovic, afirmou nesta terça-feira (1) que o Chelsea é o favorito no confronto entre os dois clubes pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Já para o treinador do time inglês, José Mourinho, a vantagem está com o Paris Saint-Germain que disputa a primeira partida do duelo em casa, diante da torcida nesta quarta-feira no estádio Parque dos Príncipes.

Publicidade

"Nesta temporada estamos nas quartas, contra uma equipe fantástica, então não temos nada a perder", afirmou Ibrahimovic em entrevista à agência AFP antes do treino final na equipe. "Fizemos uma ótima temporada e o que vier a partir de agora é lucro. Estamos (na Liga dos Campeões) há dois anos, somos iniciantes. Chelsea está aí há 10 anos, eles ganharam a competição há dois anos. É uma grande equipe , com um grande treinador. O Chelsea é super-favorito, sem dúvida alguma", insistiu o atacante sueco do PSG.

Segundo Ibrahimovic, o time inglês tem muito mais experiência e, ao comparar o nível de investimentos, ele afirma que o PSG se encontra hoje na situação em que o Chelsea esteva há oito anos. "Somos a mais jovem dessas oito equipes", analisa, ao se referir aos times que disputam as quartas de final da competição. Na edição anterior da Liga dos Campeões, o PSG foi eliminado na mesma fase pelo Barcelona, após dois empates.

Questionado se o time está mais forte nesta temporada, Ibra reconheceu: "Este é o segundo ano para mim e para outros também. A gente se conhece melhor. Acredito que estamos melhor coletivamente. Na temporada passada, jogávamos mais individualmente. Agora, é mais coletivo, o que é normal", avalia.

O atacante sueco que trabalhou com José Mourinho na Inter de Milão, elogiou o trabalho e a personalidade do treinador português do Chelsea. "Ele ganhou tudo como treinador de clube, seu histórico diz tudo. Para mim, que o conheci na Inter de Milão, é uma pessao incrível. Ele sabe o que faz e o que é preciso fazer para ganhar", afirmou.

Favoritismo parisiense

O confronto entre PSG e Chelsea é considerado o mais equilibrado e indeciso das quartas de final. Mourinho, conhecido como um mestre na parte tática, prefere jogar o favoritismo para o time parisiense, considerado por ele um sério e forte candidato ao título da Liga dos Campeões. 

A declaração, repetida à exaustão para a imprensa inglesa, visa, segundo especialistas, desestabilizar o atual campeão francês e mobilizar seus jogadores, especialmente após a derrota do Chelsea de 1 a 0 para o Crystal no final de semana, pelo campeonato inglês.

Vencedor da Liga dos Campeões em 2004, no comando do Porto, e em 2010, com a Inter de Milão, o português não quer que sua reputação de vencedor seja abalada com uma desclassificação precoce.

Se não pode contar com o experiente atacante camaronês, Eto'o, afastado por contusão, o Chelsea aposta no talento de Hazard e dos brasileiros Ramires, Oscar e, talvez, Wiliam, que Mourinho considera ainda em "fase de aprendizagem".

O jogo desta quarta-feira, em Paris, vai mostrar quem sairá na frente deste duelo entre duas equipes que empurram para a outra o status de favorita.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.