Acessar o conteúdo principal
França/Futebol

Depois de cabeçada em Thiago Motta, Brandão é suspenso até dia 18 de setembro

O brasileiro Brandão, recém-contratado pelo Bastia durante jogo contra o PSG.
O brasileiro Brandão, recém-contratado pelo Bastia durante jogo contra o PSG. Facebook/ SC Bastia
Texto por: RFI
1 min

O jogador brasileiro Brandão, do Bastia, que deu uma cabeçada em Thiago Motta, do PSG, se apresentou nesta quinta-feira (21) diante da Liga de Futebol Profissional, em Paris. Ele foi suspenso provisoriamente durante a investigação da Comissão de Disciplina, que abriu um inquérito para apurar o caso.

Publicidade

Brandão chegou a pé à sede da Comissão de Disciplina da Liga, no 16° distrito da capital, sem dar declarações, acompanhado de seu advogado, Olivier Martin. O atacante brasileiro não foi oficialmente convocado hoje, mas pediu para ser ouvido sem esperar pela convocação, como prevê a legislação.

Segundo seu advogado, Brandão ficará suspenso até a audiência do dia 18 de setembro."A suspensão é lógica. Por enquanto, não sabemos qual é a gravidade da falta e da sanção, já que as consequências médicas e legais do ato não estão claramente determinadas."Thiago Mota quebrou o nariz, mas pôde treinar normalmente nesta semana. De acordo com Martin, o atacante "pediu desculpas."

A cabeçada de Brandão foi gravada pelas câmeras de segurança nos corredores do estádio Parc des Princes, no último sábado em Paris, depois do jogo entre o Bastia e o PSG, pelo campeonato francês.A pena prevista pela Federação Francesa de Futebol vai de oito jogos de suspensão até dois anos de prisão.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.