Acessar o conteúdo principal
França/Futebol

Brandão é suspenso por seis meses depois de cabeçada em Thiago Motta

O atacante Brandão poderá ser suspenso depois da agressão ao meio-campista Thiago Motta.
O atacante Brandão poderá ser suspenso depois da agressão ao meio-campista Thiago Motta. Facebook/ SC Bastia
Texto por: RFI
2 min

O atacante brasileiro do Bastia, Brandão, foi suspenso por seis meses por ter dado uma cabeçada no rosto do jogador italiano Thiago Motta, do PSG, durante uma partida pela Liga 1 do campeonato francês. A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (18) pela Liga de Futebol Profissional da França.

Publicidade

Com a suspensão, Brandão só poderá voltar aos gramados no dia 21 de fevereiro de 2015.

O jogador brasileiro vai a julgamento em um tribunal penal, no dia 3 de novembro, por “violência voluntária”, e pode pegar um ano de prisão. Ele também poderá ter o contrato rescindido.O atacante poderá entrar com recurso para cancelar uma decisão desfavorável da Justiça.

De acordo com seu advogado, Olivier Martin, a agressão de Brandão não foi voluntária, mas resultado do "estresse" gerado pelos insultos da torcida adversária e outros jogadores. Thiago Motta é conhecido por provocar os adversários, mas esse traço de personalidade não parece ter influenciado o julgamento da comissão.

O incidente aconteceu no dia 16 de agosto. Depois de um jogo marcado pela troca de provocações entre os dois jogadores, Brandão esperou Motta no corredor que dá acesso ao vestiário e o agrediu. A cena foi gravada pelas câmeras de segurança e transmitida pelos principais canais de televisão. Thiago Motta quebrou o nariz, mas uma semana depois voltou a treinar normalmente.

O presidente do PSG, Nasser Al-Khelaïfi, chegou a pedir uma suspensão permanente para o brasileiro. Já o Bastia havia divulgado uma nota condenando a "atitude inaceitável" de Brandão, mas também lembrou que o comportamento de alguns jogadores, que não "param de insultar e provocar seus adversários", também deve ser criticado.

Uma semana depois da agressão, Brandão se apresentou voluntariamente diante da comissão disciplinar da Liga e pediu desculpas pelo ato.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.