FIA abre investigação sobre acidente com Jules Bianchi

Jules Bianchi pilota seu carro Marussia durante o GP do Japão de F1 pouco antes do acidente.
Jules Bianchi pilota seu carro Marussia durante o GP do Japão de F1 pouco antes do acidente. Reuters/Toru Hanai

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) lançou nesta quarta-feira (8) uma investigação sobre as circunstâncias do grave acidente sofrido pelo francês Jules Bianchi domingo, durante o GP do Japão de Fórmula 1. Bianchi segue hospitalizado em estado crítico, mas estável, em consequência de um traumatismo craniano severo.

Publicidade

"A pedido do presidente da FIA, Jean Todt," o diretor da corrida de Suzuka, Charlie Whiting, também chefe do Serviço Técnico da Fórmula 1, será responsável por dirigir a investigação, diz o comunicado da FIA.

"O relatório ainda está sendo desenvolvido", acrescentou a FIA, que procura entender o acidente "da maneira mais completa e detalhada possível".

Bianchi, que sofre uma lesão grave na cabeça, continua sob cuidados intensivos na UTI do hospital Yokkaichi, para onde foi transportado de ambulância. No domingo, o piloto da Marussia, de 25 anos, saiu da pista e chocou-se contra uma grua que estava removendo a Sauber do alemão Adrian Sutil.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe todas as notícias internacionais baixando o aplicativo da RFI