Acessar o conteúdo principal
Futebol/Mundial de Clubes

San Lorenzo é favorito para disputar final com Real Madrid

O clube espanhol Real Madri goleou nesta terça-feira (16) os mexicanos do Cruz Azul, por 4 a 0.
O clube espanhol Real Madri goleou nesta terça-feira (16) os mexicanos do Cruz Azul, por 4 a 0. REUTERS/Youssef Boudlal
5 min

Sem supresa, o Real Madrid conquistou sua vaga na final do Mundial de Clubes da FIFA ao derrotar o mexicano Cruz Azul por 4 a 0, na terça-feira (16), em Marrakech. O time merengue, principal candidato ao título, aguarda o resultado da semifinal entre o argentino San Lorenzo e o Auckland City, da Nova Zelândia, para conhecer seu adversário na briga pelo título, no sábado (20).

Publicidade

O jogo entre o campeão da Libertadores e o Campeão da Oceania será realizado no estádio de Marrakech. A equipe San Lorenzo de Almagro, conhecida como "Ciclón", fez seu último treino, na terça-feira (16), driblando as perguntas sobre seu eventual rival da final.

Diante do amplo favoritismo do time argentino sobre o Aukland City, os jornalistas insistiram na preocupação do San Lorenzo com o Real Madrid durante a tradicional entrevista coletiva antes do jogo.

O treinador Edgardo Bauza repetiu que, antes de pensar no Real Madri, sua preocupação e a dos jogadores estava focada no time neozelandês. O Auckland City chega pela primeira vez chega à fase semifinal, apesar da sexta participação na competição.

"Se há algo que esta equipe tem muito claro é que vamos jogar amanhã (quarta-feira) uma partida muito importante. Nós, em nenhum momento, estamos pensando na possibilidade de jogar contra o Real Madrid. Nossa semifinal será dura e difícil", afirmou.

Edgardo já disputou um Mundial de Clubes, em 2008, com a Liga de Quito. Na final, o time equatoriano perdeu para o Manchester United, onde jogava o jovem Cristiano Ronaldo, atual ídolo do Real Madrid

"Tomara que possa enfrentá-lo de novo, porque isso significa que iremos à final", brincou. O treinador confirmou que o colombiano Mario Yepes, veterano de 38 anos, será titular na defesa do time argentino. Durante a coletiva, Edgardo praticamente indicou os 11 que estarão em campo contra o Auckland City.

O treinador do time da Nova Zelândia, o espanhol Ramó Tribulietx, está otimista com a perspectiva de vencer o adversário da semifinal. "Tentaremos ser competitivos. É claro que jogar contra o San Lorenzo será um salto qualitativo muito grande, mas com trabalho e muito esforço, como temos demonstrado até agora, poderemos surpreender", declarou Tribulietx, após a vitória de 1 a 0 sobre o argelino Setif nas quartas de final.

Real Madri confirma favoritismo para levar o título

O Real Madrid entrou com sua força total em campo, mas não fez uma exibição de gala nem viu Cristiano Ronaldo balançar as redes. No entanto, jogou o suficiente para confirmar sua superioridade técnica e carimbar a vaga na final.

O campeão europeu abriu rapidamente o marcador com Sergio Ramos, aos 15 minutos e ampliou a vantagem com Benzema, aos 36. Casillas defendeu um pênalti de Torrado no final do primeiro tempo, o que deu tranquilidade para a equipe na fase final.

Dominando completamente a partida, o Real Madri logo confirmou a goleada com Gareth Bale, aos 5 minutos do segundo tempo, e Isco fechou a goleada aos 27, resultado que colocou o Real Madrid na disputa pelo seu primeiro título da competição.

Em 2000, no Mundial da FIFA no Brasil, a equipe nem sequer chegou à semifinal. Em 2002, o Real Madrid levantou o troféu da Copa Intercontinental disputada no Japão, torneio que reunia apenas os vencedores da Europa e da América Latina.

Título para coroar ano "fantástico"

Após a partida em Marakech, o treinador Carlo Ancelotti afirmou que seus jogadores merecem terminar o ano conquistando o título da competição. O italiano admitiu estar surpreso com a grande fase do Real Madrid. Em maio, a equipe espanhola conquistou o sonhado 10° troféu de campeão da Champions League e, com a goleada sobre o Cruz Azul, na terça-feira, ampliou para 21 o número de vitórias consecutivas.

"Não imaginava poder conquistar tantas coisas. Este ano temos feito tudo muito bem. Vamos nos preparar muito para a final porque esta equipe merece o título mundial para encerrar esse ano fantástico", declarou Ancelotti.

Os jogadores do Cruz Azul lamentaram a falta de objetividade e gol na derrota para o time merengue. "Saímos frustrados porque ficamos com a sensação de que a equipe poderia ter feito mais e não fez. Eles são o melhor time do mundo e não perdem as chances que têm", disse o meio-campista Giménez em referência aos jogadores do Real Madrid.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.