Acessar o conteúdo principal

Príncipe jordaniano lança candidatura à presidência da Fifa

O príncipe da Jordânia Ali Bin Al Hussein, atual vice-presidente da Fifa para a Ásia.
O príncipe da Jordânia Ali Bin Al Hussein, atual vice-presidente da Fifa para a Ásia. @AliBinAlHussein
Texto por: RFI
3 min

O suíço Joseph Blatter terá mais um adversário nas eleições para a presidência da Fifa. O príncipe da Jordânia Ali Bin Al Hussein, de 39 anos, que é atualmente vice-presidente da Federação Internacional de Futebol, anunciou nesta terça-feira (6) sua candidatura pelo Twitter. O jordaniano tem fama de ser um homem calmo, modesto e um ardoroso defensor do futebol feminino.

Publicidade

Al Hussein justificou sua decisão dizendo que "chegou o momento de acabar com as polêmicas internas e se concentrar no esporte". O príncipe, meio irmão do rei Abdallah 2°, declarou que o futebol mundial merece uma nova governança. "A Fifa deve ser uma organização de serviços e um modelo de ética e transparência", afirmou Al Hussein. Além de ser vice-presidente da entidade para o continente asiático, ele é membro do comitê executivo da Confederação Asiática de Futebol (CAF) e preside, desde 1999, a federação jordaniana de futebol.

Em 2012, o príncipe criou uma associação sem fins lucrativos para desenvolver o futebol na Ásia. Conhecida pela sigla AFDP, a associação promove a formação de jovens atletas e procura valorizar a participação das mulheres no esporte. Sob comando do príncipe, a AFDP conduziu, com sucesso, a campanha para suspender a proibição de mulheres muçulmanas jogarem com o véu islâmico na cabeça. Al Hussein também conseguiu ampliar o número de países disputando a Liga dos Campeões da Ásia.

O príncipe é casado com a ex-jornalista da CNN Rym Brahimi, de origem argelina. O casal tem dois filhos. A princesa Rym é filha de Lakhdar Brahimi, o conselheiro do secretário-geral da ONU para o Oriente Médio, implicado nas negociações para o fim da guerra na Síria. Em sua passagem pelo canal de TV americano, a jornalista fez a cobertura da guerra no Iraque.

A eleição da Fifa acontece em 29 de maio, na sede da federação em Zurique. O prazo final para as candidaturas é 29 de janeiro. Além de Al Hussein e Blatter, que está com 78 anos e disputa um quinto mandato à frente da entidade, o francês Jérôme Champagne também oficializou sua candidatura à presidência da Fifa.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.