Futebol/Liga dos Campeões

PSG disputa sua primeira final da Liga dos Campeões, mas na categoria feminina

A equipe feminina do PSG disputa nesta quinta-feira, 14 de maio de 2015, com o Frankfurt a final da Liga dos Campeões.
A equipe feminina do PSG disputa nesta quinta-feira, 14 de maio de 2015, com o Frankfurt a final da Liga dos Campeões. Foto: ©PSG

A competição masculina da Liga dos Campeões da Europa é a que tem mais visibilidade. O mundo inteiro estará atento ao duelo, de 6 de junho, em Berlim, entre Juventus de Turim, a grande surpresa da competição, e o Barcelona. Mas nesta quinta-feira (14), a capital alemã sedia a outra final da Liga dos Campeões, a final feminina entre o PSG e o Frankfurt.

Publicidade

O sonho dos parisienses de levantar pela primeira vez na história do clube o cobiçado troféu de campeões da Europa pode ser realizado pela meninas do Paris Saint-Germain. A equipe feminina do PSG tem um orçamento sete vezes menor do que a masculina e nenhuma estrela do nível de Zlatan Ibrahimovic ou Thiago Silva, mas tem realizado conquistas notáveis. Há três anos, ela ainda era amadora e agora disputa a final do principal torneio interclubes do continente.

O Frankfurt é o favorito. O clube alemão já conquistou o troféu três vezes, em 2002, 2006 e 2008, mas o duelo promete. A capitã parisiense, Sabrina Delannoy, acha que a supremacia do Frankfurt e o caráter histórico da final para o PSG “podem dar uma força suplementar” ao clube francês, que “não tem nada a perder”.

A final da Liga dos Campeões feminina vai ser disputada às 18h em Berlim (13h em Brasília). A partida vai ser acompanhada no camarote por uma galeria de celebridades. Ao lado da chanceler alemã Angela Merkel, anfitriã do evento, estarão a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, o prefeito de Saint-Germain-em-Laye, Emmanuel Lamy, e o secretário de Estado de Esporte francês, Thierry Braillard.

Juventus de Turim

O último finalista da competição masculina da Liga dos Campeões da Europa foi definindo na noite de quarta-feira (13). Grande surpresa da competição, a Juventus de Turim conquistou sua vaga com um empate, 1 a 1, no estádio Santiago Bernabéu com o Real Madrid.

Os jogadores italianos foram acolhidos como heróis na chegada, na madrugada desta quinta-feira (14) a Turim. “Foi um verdadeiro delírio dos torcedores”, escreve o jornal Gazzeta dello Sport. Para o treinador do time Massimiliano Allegri, a vaga na final foi merecida. A Juventus vai enfrentar uma equipe de jogadores extraordinários, disse ele, em referência ao Barcelona. O duelo final acontece no dia 6 de junho, também em Berlim.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.