Acessar o conteúdo principal
Judô/Mundial

Brasileiros deixam escapar medalhas no Mundial de Judô

O judoca brasileiro Felipe Kitadai foi derrotado pelo campeão mundial Boldbaatar Ganbat.
O judoca brasileiro Felipe Kitadai foi derrotado pelo campeão mundial Boldbaatar Ganbat. Facebook/© IJF Media Team - Jack Willingham
3 min

Dois judocas brasileiros falharam na disputa pelo bronze e o Brasil ficou de fora do pódio nesta segunda-feira (24), primeiro dia do Mundial de Judô disputado em Astana, Cazaquistão. Nathália Brígida e Felipe Kitadai foram derrotados por judocas japoneses na disputa pelo terceiro lugar, enquanto a campeã olímpica Sarah Menezes voltou a decepcionar no tatame.

Publicidade

A piauiense de 25 anos foi eliminada logo na estreia da categoria até 48 kg com a derrota para a belga Charline Van Snick, resultado que soou como vingança. A brasileira havia derrotado sua adversária na final das Olimpíadas de Londres de 2012 e ficou com o ouro.

Com mais esse fracasso, Sarah Menezes repete o mesmo desempenho ruim do Mundial de Cheliabinsk, em 2014. A judoca brasileira não consegue bons resultados desde o bronze no Mundial do Rio de Janeiro, em 2013.

Já outra brasileira na categoria, Nathália Brígida, de 22 anos, chegou bem perto de um feito na sua primeira participação em um Mundial. Ela chegou às semifinais, mas foi derrotada por duas japonesas. Primeiro para Harumi Asana, na disputa por uma vaga na final. Na sequência, perdeu a oportunidade de colocar no peito o bronze ao ser superada por Ami Kondo, de 20 anos, em apenas dois minutos de luta.

Japonês elimina dois brasileiros

Outra esperança de medalhas para o Brasil em Astana, Felipe Kitadai, também falhou no momento decisivo e ficou fora do pódio na categoria até 60 kg.

Medalhista de bronze nos Jogos de Londres, o brasileiro avançou bem na fase preliminar. Mas ao ser derrotado pelo mongol Boldbaatar Ganbat nas quartas, Kitadai foi para a respescagem e passou pelo sul-coreano Choi in Hyuk. Na disputa pelo bronze, acabou levando um ippon do japonês Toru Shishime e perdeu a chance de subir ao pódio.

Outro brasileiro na categoria, Eric Takabatake, foi eliminado ainda na primeira fase pelo mesmo carrasco de Kitadai, o japonês Shishime.

A torcida do Cazquistão saiu satisfeita deste primeiro dia de competição em Astana. Na final da categoria até 60 kg, dois judocas do país disputaram o título. Yeldos Smetov superou seu compatriota Rustam Ibrayev e ficou com o ouro depois de uma decisão apertada, definida por um shido, ou seja, uma penalidade.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.