Acessar o conteúdo principal

Marcelo Melo avança para a semi e Bruno Soares para as quartas em Roland Garros

Marcelo Melo (à dir.) e seu parceiro Ivan Dodig garantiram a vaga nesta quarta-feira, 1° de junho, no torneio de duplas de Roland Garros.
Marcelo Melo (à dir.) e seu parceiro Ivan Dodig garantiram a vaga nesta quarta-feira, 1° de junho, no torneio de duplas de Roland Garros. RFI/Elcio Ramalho
Texto por: Elcio Ramalho
4 min

Marcelo Melo foi o primeiro a garantir a vaga nesta quarta-feira (1) no torneio de duplas de Roland Garros com o parceiro Ivan Dodig após vitória de 2 sets a 0 (6-4, 6-4) sobre a dupla Rohan Bopanna e Florin Mergea. O também mineiro Bruno Soares e a russa Elena Vesnina avançaram para as quartas no torneio de duplas mistas ao eliminarem a dupla Andreja Klepac e Treat Huey.

Publicidade

Atuais campeões de duplas do Grand Slam francês, Marcelo e Dodig enfrentaram uma dupla conhecida e difícil, de quem já haviam perdido recentemente no torneio de Madri. Desta vez, prevaleceu o bom entrosamento e a dinâmica positiva. « A gente jogou muito bem, contra uma dupla complicada. São muito bons duplistas e fazem sempre bons torneios, sabíamos que deveríamos jogar no nosso melhor nível. Foi o que conseguimos », diz.

Em alguns momentos cruciais do jogo, em que estavam perdendo de 40-0, o brasileiro e o croata souberam ter a tranquilidade para virar o placar e fecharem os sets.

"Isso mostra que estamos bem entrosados. Voltamos a jogar bem desde Monte Carlo. A gente teve um início de ano irregular, não como a gente esperava, mas depois de Monte Carlo começamos a ter jogar da maneira como jogávamos antes e conseguimos ter melhores resultados", disse Melo. "Conseguimos manejar isso muito bem e agora conseguimos imprimir todo nosso nível novamente, nosso entrosamento, tudo o que vemos fazendo nesses últimos cinco anos”, acrescentou o número 1 mundial de duplas, segundo o ranking da ATP.

A sequência de vitórias traz satisafação, apesar de que às vezes é preciso superar situações difíceis como o confronto vencido no dia anterior contra o ex-parceiro André Sá, por 2 sets a 0. (6-3 e 6-2). "Contra o André (Sá) foram situações adversas. Enfrentar um brasileiro. O André foi com quem comecei a minha carreira de duplista, tenho um respeito muito grande por ele", comentou.

Outro problema enfrentado pela dupla e também por muitos outros atletas é o tempo chuvoso, que tem prejudicado o andamento e atrasado várias partidas. "Chove, volta, para... são barreiras mentais que tivemos que superar", diz.

Na semifinal, a dupla Melo - Dodig enfrenta os vencedores da partida entre os espanhóis Feliciano Lopez e Marc Lopez e os franceses Julien Beneteau e Edouard Roger-Vasselin. A última etapa para voltar a disputar uma final na quadra central de Roland Garros.

"É jogo a jogo. Tudo isso demonstra o potencial que eu e o Ivan temos. Não é à toa os resultados que a gente tem, o ranking. Tenho consciência que temos que nos sobressair nesses momentos", finalizou.

Bruno nas quartas das duplas mistas

Na sequência, Bruno Soares e Elena Vesnina voltaram à quadra para encerrar uma partida contra a dupla formada pela eslovaca Andreja Klepac e o filipino Treat Huey. O jogo foi interrompindo com o resultado de 7-5 e 1-1, para Soares e Vesnina.

Os dois dias de descanso forçados não mudaram o panorama da partida, muito disputada e decidia no tie-break. O mineiro e a russa conseguiram fechar o set em 7/6 (7-3) e a partida em 2 -0 e avançaram para as quartas-de-final.

“Já enfrentei muitas situações como essa e não tem jeito, é igual para todo mundo. Não prejudica um ou outro. Tem que entrar 1.000% por cento em quadra e muito concentrado», disse.  "Foi difícil, como no primeiro set, poder íamos ter fechado em 7/5, mas não deu. Mas vencemos e foi o mais importante”, disse Bruno.

Na próxima rodada, Bruno e Elena enfrentam uma das melhores duplas do circuito: a suíça Martina Hingis e o indiano Leander Paes. "Eles já ganharam três Grand Slams, não tem nem o que falar. Mas nós estamos entrosados, viemos com o título do Grand Slam da Austrália e agora não tem favorito”, afirmou.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.