Rio2016

Delegação de refugiados competirá em três modalidades dos Jogos

Cerimônia de apresentação da delegação de refugiados no Rio de Janeiro.
Cerimônia de apresentação da delegação de refugiados no Rio de Janeiro. Élcio Ramalho / RFI
4 min

Pela primeira vez na história das Olimpíadas, um time de refugiados vai desfilar e competir sob a bandeira do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Publicidade

Do enviado especial ao Rio de Janeiro com agências

São 10 atletas que vão representar 65 milhões de refugiados e pessoas deslocadas em todo o mundo. Eles vão competir em quatro modalidades: natação, atletismo e judô.

Cinco deles são do Sudão do Sul, dois da Síria, um da Etiópia e dois da República Democrática do Congo, que treina no Brasil. Aplaudidos de pé durante a apresentação oficial no Rio 2016 nesta terça-feira (3), os refugiados prometeram levar uma mensagem de esperança ao mundo.

Do Rio, Élcio Ramalho

O judoca Popole Misenga, que treina no Brasil, e vai disputar na categoria menos de 90 quilos, se emocionou ao lembrar da família. “Graças à Olimpiada eles poderão me ver pela televisão e saber que seu irmão está aqui no Brasil”, disse Musenga.

Em maio, a RFI Brasil contou a história de Misenga e de outros refugiados que se prepararam para competir no Rio.

O time de refugiados vai desfilar na cerimônia de abertura dos Jogos com a bandeira do COI, antes da delegação brasileira, anfitriã da Olimpíada.

Sinal de esperança

O COI quis lançar "um sinal de esperança" aos milhões de refugiados espalhados ao redor mundo, explicou na terça-feira o presidente da entidade, o alemão Thomas Bach, durante a sessão do COI na qual o time foi apresentado.

"Não escolhemos deixar a nossa pátria e não escolhemos esse nome de refugiados. No início, ficamos com vergonha dessa palavra", relatou à Agência AFP a nadadora Yusra Mardini, adolescente síria que atravessou o mediterrâneo a bordo de uma canoa furada. Aos 18 anos, ela disputará as provas dos 100 m borboleta e 100 m nado livre.

"Estamos representando 60 milhões de pessoas ao redor do mundo e posso prometer que vamos fazer de tudo para inspirá-las", acrescentou.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.