Acessar o conteúdo principal

PSG anuncia que não vai renovar contrato de Thiago Silva

O zagueiro do PSG Thiago Silva, no dia 14 de março de 2018 no Parc des Princes.
O zagueiro do PSG Thiago Silva, no dia 14 de março de 2018 no Parc des Princes. AFP/Archives
Texto por: Elcio Ramalho
5 min

O emblemático capitão do Paris Saint-Germain deve procurar outro clube na próxima temporada, após ter sido avisado oficialmente de que não terá seu contrato renovado com o time parisiense. A saída de Thiago Silva põe fim a uma era no clube, analisa a imprensa francesa desta terça-feira (9).

Publicidade

“Uma página virada”, diz o jornal esportivo L’Équipe, que revelou a informação. A decisão da não renovação do contrato foi confirmada em um telefonema do diretor esportivo Leonardo para Thiago Silva, que se encontra no Rio de Janeiro.

O anúncio já era esperado e não foi no sentido que esperava o jogador, que tem contrato com o clube até 30 de junho. Thiago Silva, de 35 anos, indicou nos últimos tempos sua intenção de permanecer no clube francês, onde sua família se sente “muito bem”. O jornal esportivo lembra que há exatamente um ano Thiago Silva e sua família adquiriram a nacionalidade francesa.

“A saída do ‘Monstro’ é um marco na história do clube parisiense”, escreve a publicação em referência ao apelido do zagueiro brasileiro que chegou à capital francesa  em 2012 como uma das principais contratações do PSG desde a chegada dos dirigentes do Catar. 

Comprado junto ao Milan por € 42 milhões, e apresentado na época pelo presidente Nasser al Khelaifi como “melhor zagueiro do mundo”, Thiago Silva logo se firmou no time parisiense como líder e conquistou a braçadeira de “capitão”.

Apesar da idade, ele mantém o status de líder e faz parte do “conselho de sábios”, um círculo restrito de jogadores consultados pelo treinador alemão Thomas Tuchel sobre a vida coletiva no clube, ressalta L’Équipe. Apesar da trajetória de sucesso, o zagueiro tem perdido estatura em nível europeu, onde é alvo de críticas por jogar muito baixo e deixar espaços na defesa para os adversários.

Fim de “uma longa história”

A saída de Thiago Silva do clube ganhou amplo destaque também no jornal Le Parisien que dedica duas páginas à decisão do PSG e aproveita para lembrar dos fatos marcantes da passagem do zagueiro no time. 

“O fim de uma longa história”, diz a manchete. O diário lembra que Thiago Silva já disputou 310 jogos com o clube, sendo 295 como capitão, e marcou 17 gols. No total são 23 títulos com a camisa do PSG, sendo sete como campeão francês

Sua trajetória no clube também foi marcada por muita decepção, principalmente com o treinador espanhol Unai Emery, que o deixou no banco de reservas no jogo de ida pela Liga dos Campeões contra o Real Madrid, em 2018.  O espanhol também responsabilizou o zagueiro brasileiro pela histórica “remontada” do Barcelona contra o PSG pela mesma competição.

Antes mesmo de colocar um ponto final na sua história com o PSG, Le Parisien lembra que o jogador deverá fazer um acordo com o clube, classificado para as quartas-de-final da Liga dos Campeões. A competição foi interrompida pela pandemia do coronavírus, e, segundo o diário, não há menor sombra de dúvida de que o PSG e o jogador têm o mesmo interesse de ir até o fim da competição.

L’Équipe lembra que a FIFA permite a extensão dos contratos para terminar a temporada interrompida pela crise sanitária e comenta que o agente do jogador, Paulo Tonietto, confirmou a intenção de Thiago Silva de terminar a Liga dos Campeões com o time parisiense.  

 

Thiago Silva não vai ficar no PSG.
Thiago Silva não vai ficar no PSG. AP - Lefteris Pitarakis

Rejuvenescimento do PSG

No momento em que o clube francês deve enfrentar uma perda de € 200 milhões devido ao impacto do coronavírus, o alto salário bruto do zagueiro, estimado em  €1,5 milhão de euros mensais, não contribui para uma eventual renovação. 

Além da necessidade de diminuir a massa salarial do time, para se adaptar ao choque financeiro, o anúncio da não renovação do contrato de Thiago Silva faz parte da estratégia de rejuvenescer o elenco, segundo L’Équipe. O jornal esportivo lembra que o atual treinador preferiu a dupla de zaga Marquinhos-Kimpembe no lugar de Thiago Silva em um jogo decisivo da temporada, contra o Boriussia Dortmund.

Os jornais franceses apostam que Thiago Silva poderá ser transferido ao Fluminense. A foto do zagueiro nas redes sociais com máscara e carteira de sócio do clube carioca tem um significado ainda maior, no momento em que “sua aventura” com o PSG chega ao fim, escreve Le Parisien. Já Fred, que retorna ao Fluminense, já o convidou para atuarem juntos pelo clube carioca, acrescente L’Équipe.   

https://www.instagram.com/p/CBJ06Nbh9DV/?utm_source=ig_web_copy_link

Mas Thiago Silva pretende ainda permanecer por mais dois anos na Europa. Sua cota de popularidade ainda está intacta na Itália, país onde a faixa etária não é vista da mesma maneira que na França, ressalta Le Parisien. Ele pretende continuar no alto nível porque ainda tem intenção de disputar a Copa de 2022 no Catar, finaliza o texto.  

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.