Acessar o conteúdo principal

Gasly vence GP da Itália e leva França ao topo da F1 após mais de duas décadas sem vitórias

Pierre Gasly, da Alpha Tauri, que venceu o GP da Itália, em Monza, neste domingo (6).
Pierre Gasly, da Alpha Tauri, que venceu o GP da Itália, em Monza, neste domingo (6). POOL/AFP
Texto por: RFI
2 min

O piloto francês Pierre Gasly da Alpha Tauri surpreendeu ao vencer o Grande Prêmio da Itália em Monza neste domingo. Esta é a primeira vitória de um piloto francês na Fórmula 1 desde 1996.

Publicidade

Gasly, de 24 anos, venceu uma corrida atípica, marcada por uma interrupção e um pódio sem precedentes que teve o espanhol Carlos Sainz Jr. da McLaren em segundo e o canadense Lance Stroll, da Racing Point, em terceiro.

"É incrível. Não tenho certeza se isto é real. Foi uma corrida completamente maluca", disse o francês após a prova, surpreso com sua vitória.

A Mercedes, que começou como clara favorita, terminou em quarto lugar com o finlandês Valtteri Bottas e em sétimo com o britânico Lewis Hamilton, este último depois de sofrer uma sanção por ter tentado entrar nos boxes sem autorização.

A corrida teve de ser interrompida devido a um acidente impressionante, mas não grave, do monegasco Charles Leclerc, da Ferrari.

Pierre Gasly assumiu a liderança da corrida no reinício, enquanto Hamilton cumpria a sanção.

Monza é um circuito perfeitamente adequado para a Alpha Tauri, já que esta equipe conseguiu aquela que foi a sua única vitória até agora na pista italiana, com o alemão Sebastian Vettel em 2008, ainda sob o nome de Toro Rosso.

Na classificação geral do Mundial de Pilotos, Lewis Hamilton, seis vezes campeão mundial e atual campeão, segue à frente de seu companheiro Valtteri Bottas.

 (Com informações da AFP)

  

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.