Acessar o conteúdo principal

Técnico argentino Mauricio Pochettino estreia no PSG em jogo contra Saint-Etienne

O argentino Mauricio Pochettino, novo técnico do PSG.
O argentino Mauricio Pochettino, novo técnico do PSG. ANDREJ ISAKOVIC AFP/File
Texto por: RFI
4 min

O Paris Saint-Germain enfrenta o Saint-Etienne nesta quarta-feira (6) em partida da 18ª rodada do Campeonato Francês. O jogo, fora de casa para os parisienses, marca a estreia do novo técnico do clube, o argentino Mauricio Pochettino. Em sua primeira entrevista coletiva desde que entrou no lugar do alemão Thomas Tuchel, Pochettino disse ontem que voltar a Paris era "um sonho que se tornou realidade".

Publicidade

Pochettino desembarcou em Paris com quatro assistentes na bagagem, incluindo seu filho Sebastiano, novo preparador físico do time. A imprensa francesa vê grandes desafios diante do ex-jogador do PSG (2001-2003) e ex-treinador do Tottenham. O argentino "herda um clube onde todos atiram uns nos outros para seduzir os donos do Catar", diz o jornal Libération. "Thomas Tuchel virou paranóico depois de passar dois anos em Paris", destaca o diário em sua reportagem de bastidores do PSG. 

Segundo o Libération, a família real do Catar, proprietária do PSG, adota um estilo de gestão particular que cria atritos frequentes entre o diretor esportivo do clube, o brasileiro Leonardo, os jogadores e o técnico. Pochettino terá de lidar com esse clima tenso e terá pouquíssimo tempo para imprimir sua marca até o primeiro encontro das oitavas de final da Liga dos Campeões.

O PSG jogará contra o Barcelona em 16 de fevereiro. Além disso, duas estrelas do clube, Neymar e Mbappé, estão liberados para transferência sem pagamento de multas, o que acrescenta uma atmosfera de incerteza sobre o futuro da equipe.

"Esta quarta-feira marcará o primeiro dia do resto da vida do PSG", escreve o Libération. De acordo com o jornal, nas últimas semanas, Leonardo e o presidente do PSG, Nasser al-Khelaifi, demostraram otimismo em relação às prorrogações dos contratos dos dois atacantes. Mas o jornal desconfia das aparências.

"Embora Neymar tenha dado sinais positivos de que poderia continuar no PSG, a impressão geral é de que ele avança disfarçado ou empurra a decisão para a frente, talvez para aumentar seu salário", diz o Libération. "Mais transparente, Mbappé demonstra uma neutralidade perfeita até o momento", acrescenta, apontando ao leitor o quebra-cabeças de Pochettino. 

Na defensiva sobre transferências 

Le Parisien comenta a postura do argentino na primeira coletiva que concedeu nesta segunda-feira (5) como novo técnico do clube.

Sorridente e disponível, Pochettino se mostrou cauteloso em suas declarações. Ao mesmo tempo em que falou da alegria de retornar a Paris, "ele ficou na defensiva quando foi questionado sobre os jogadores e suas expectativas para a temporada de transferências", relata Le Parisien.

Pochettino disse apenas que encontraria a melhor posição para Neymar dar o melhor de si. Elogiou Mbappé pela facilidade com que se movimenta no centro ou na lateral. Quanto a Marquinhos, reafirmou que o brasileiro permaneceria capitão do PSG, sem detalhar se continuaria a atuar na defesa ou no meio de campo. 

O jogo entre o PSG e o Saint-Etienne começa às 21h de Paris, 17h de Brasília.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.