Para comentaristas esportivos, França fez estreia "perfeita" na Eurocopa

Torcedores franceses assistem ao jogo da Eurocopa em que a França derroutou a Alemanha por 1 a 0, em 15  de junho de 2021.
Torcedores franceses assistem ao jogo da Eurocopa em que a França derroutou a Alemanha por 1 a 0, em 15 de junho de 2021. REUTERS - ERIC GAILLARD

Para a imprensa francesa, a França confirmou em sua estreia na Eurocopa ser favorita ao título do torneio, apesar de não ter marcado gols endossados pela arbitragem no jogo de terça-feira (15) contra a Alemanha. "Os 'azuis' estrearam com perfeição", diz a edição desta quarta-feira (16) do jornal Le Figaro. "Foram convincentes", comenta o Le Parisien. "Jogaram como na Copa do Mundo", acrescenta o L'Equipe. 

Publicidade

O meia Pogba foi eleito o melhor jogador da partida, principalmente por sua atuação no primeiro tempo. Ele também sofreu um pouco mais fisicamente - uma situação normal, assinala o L'Equipe - já que os alemães tiveram mais posse de bola, o que exigiu mais esforços da defesa. 

Além de Pogba, Rabiot foi "taticamente excelente", e Kanté teve "uma grande atuação". A organização do meio de campo é elogiada por todos os jornais.

Os franceses foram generosos e corajosos, enfatiza o Le Parisien, diante de uma equipe alemã que entrou em campo disposta a jogar duro, como se viu nas entradas contra os laterais Hernandez e Pavard. Os atacantes Griezmann, Benzema e Mbappé acabaram um pouco ofuscados pelo jogo defensivo dos alemães. 

Juiz criticado

O árbitro espanhol Carlos del Cerro Grande, designado pela primeira vez pela UEFA para apitar um grande torneio internacional, é alvo de críticas. Le Parisien nota que ele deu apenas um cartão amarelo em toda a partida, na falta cometida por Kimmich em Hernandez, embora em outros lances, como no choque de Gosens contra Pavard fosse o caso de um cartão vermelho, na opinião de alguns comentaristas. 

Os seis minutos adicionais, que se tornaram oito, também foram considerados incompreensíveis pela imprensa francesa. A bronca contra o juiz se cristalizou no lance em que Hummels, ao desviar a bola dos pés de Mbappé, esbarra nas pernas do atacante, que cai no chão. Se houve pênalti ou não, fica a critério de cada um analisar. Mas Le Parisien não compreende por que, num lance como este, o juiz não tenha solicitado o VAR. 

Diante de tantos contratempos, a vitória da seleção campeã do mundo é comemorada pela torcida. O próximo desafio da França na Eurocopa 2021 será no sábado (19) contra a Hungria, em Budapeste. A seleção húngara tropeçou na estreia, perdendo de 3 a 0 de Portugal.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.