Dupla feminina leva bronze inédito no tênis em partida emocionante nos Jogos de Tóquio

Luisa Stefani e Laura Pigossi entraram para a história do tênis brasileiro ao conquistarem, neste sábado (31), o terceiro lugar no torneio de duplas dos Jogos de Tóquio.
Luisa Stefani e Laura Pigossi entraram para a história do tênis brasileiro ao conquistarem, neste sábado (31), o terceiro lugar no torneio de duplas dos Jogos de Tóquio. AP - Patrick Semansky

O Brasil conquistou mais uma medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Luisa Stefani e Laura Pigossi entraram para a história do tênis brasileiro ao conquistarem, neste sábado (31), o terceiro lugar no torneio de duplas dos Jogos.

Publicidade

É a primeira medalha do país nesta categoria em uma Olimpíada. As tenistas brasileiras derrotaram de virada a dupla russa Elena Vesnina e Veronika Kudermetova, vice-campeãs de Wimbledon, por 2 sets a 1, após salvar quatro match points.

A disputa durou 2h15 na Arena Ariake. Sob o sol forte, as brasileiras começaram o jogo com muitos problemas com o serviço, com as adversárias confirmando o primeiro game rapidamente. Apesar de terem igualado em 4/4, Luisa e Laura sentiram a pressão das russas e acabaram sendo derrotadas por 6/4.

Na sequência, as brasileiras continuaram melhorando no segundo set e tiveram uma quebra de saque logo na abertura. As russas reagiram e mantiveram a luta acirrada ficando atrás apenas por 5/4. Foi a vez de Laura segurar o saque para a dupla fechar em 6/4 e levar o jogo para o super tie-break (set de desempate).

O set decisivo foi um resumo da partida: as russas começaram melhor e conseguiram somar quatro match points (9-5), mas Stefani e Pigossi voltaram a se aproximar no placar numa reação épica, empatando em 9-9. Com defesas incríveis, passaram à frente com 10-9 e conseguiram o match point para confirmar, em seguida, a vitória para o tênis do Brasil.

Salto com vara e lançamento de disco

Outros atletas brasileiros avançam na Olimpíada de Tóquio. O brasileiro Thiago Braz, atual campeão olímpico e recordista do salto com vara, se classificou neste sábado para a final da modalidade. Thiago superou a fase classificatória com um salto de 5,75m, mesma altura do favorito ao título olímpico, o recordista mundial sueco Armand Duplantis. A final será na terça-feira (3).

No lançamento do disco, Izabela Rodrigues da Silva passou para na final feminina, a ser disputada na segunda-feira (2). A paulista conquistou a vaga com um arremesso de 61,52m, ficando assim na última posição entre as 12 classificadas.

Já Marcus D'Almeida acabou eliminado no tiro com arco masculino, depois de ter conseguido um feito histórico para a modalidade no Brasil. Ele foi o primeiro a se classificar para as oitavas de final da prova masculina.

Até agora, o Brasil venceu oito medalhas: uma de ouro, três de prata e quatro de bronze. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe todas as notícias internacionais baixando o aplicativo da RFI