Messi marca e PSG vence Manchester City pela Liga dos Campeões

Messi comemora seu primeiro gol com o PSG.
Messi comemora seu primeiro gol com o PSG. REUTERS - GONZALO FUENTES

O argentino foi um dos destaques da vitória de 2 a 0 do Paris Saint-Germain sobre o time inglês nesta terça-feira (28) ao marcar seu primeiro gol com a camisa do time parisiense. O resultado representa também o primeiro triunfo do time francês contra o rival e coloca o PSG na liderança do grupo A da competição.  

Publicidade

Elcio Ramalho, do Parque dos Príncipes,

Além de ver o time vencer pela primeira vez o Manchester City, após um empate e três derrotas em confrontos pela Champions, a expectativa dos torcedores do PSG era finalmente confirmar o potencial ofensivo de seu trio de estrelas, já conhecido pelo acrônimo MNM - Messi, Neymar e Mbappé.  

A magia aconteceu apenas no segundo tempo, quando em rápida jogada ofensiva, Messi tabelou com Mbappé que colocou o argentino de frente para o gol de Ederson, que não teve chances de segurar o chute colocado, no ângulo.

O gol em grande estilo levou o estádio Parque dos Príncipes ao delírio. Além de  celebrar o primeiro gol de Messi com as cores parisienses, os torcedores vibraram por ver todo o potencial que se pode esperar de um dos ataques mais badalados da Europa. Até então, a força desse ataque não havia bem funcionado em jogos pelo campeonato francês e nem no empate de 1 a 1 com o Bruges, na estreia da Liga dos Campeões.

Dominação do City 

O golaço de Messi selou uma vitória conquistada a duras penas. Na maior parte do tempo o time parisiense foi dominado pelo atual vice-campeão da competição. O Manchester City terminou o jogo como começou: pressionando o adversário.

No entanto, foi o PSG que abriu o placar logo aos 8 minutos com Idrissa Gueye, que aproveitou lance de dentro da área para chutar cruzado e colocado.  Dali em diante, o time inglês, que no ano passado eliminou o PSG na semifinal da mesma competição, pressionou por todos os lados. Tentou pelas laterais, pelo meio e até por escanteio, mas todos as oportunidades pararam nas mãos do goleiro Donnarumma, que fez sua estreia na Liga dos Campeões com o PSG.

O time parisiense chegou a criar algumas oportunidades de contra-ataque, mas sem grande sucesso.  Neymar teve uma atuação discreta; tentou chutes a gol e até ficou de frente para o Ederson no segundo tempo, mas pecou nas finalizações.

Se o trio ainda se encontra a caminho de uma sintonia mais eficiente, a jogada entre Messi e Mbappé que resultou no gol de estreia do argentino, deixa um recado aos rivais: o poder de fogo do ataque parisiense pode vingar a qualquer momento, fazendo do PSG um forte candidato ao título que persegue com cada vez mais  determinação.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe todas as notícias internacionais baixando o aplicativo da RFI